5 de janeiro de 2015

O segundo bolo de anos!

Este foi o bolo de anos que eu fiz ontem à noite, exausta depois da festa dele, e enquanto o deitava e lhe lia a história. A forma era pequena, o bolo saiu da forma, depois parti-o todo ao desenformar, mas montei-o e foi um sucesso! Estava delicioso. Sobrou um pedacinho que o meu filhote pediu para guardar para o pai, que entretanto caiu à cama de gripe, e todos queriam repetir e já não dava. Um simples bolo de iogurte, receita do livro base da Bimby, com açúcar em pó, cheio de mini smarties, velas e aquelas estrelas que fazem faíscas. Estava tão feliz o meu filhote. E o mano também, que saiu da sua salinha e foi ajudar o mano a cantar os parabéns e a soprar as velas. E no caminho de regresso a casa, diz-me ele: é este bolo que eu gosto mãe. É o melhor bolo do mundo! 
 
 
E ainda recebeu este livro maravilhoso, oferecido pela educadora, que tem todas as boas características que uma educadora deve ter, uma dedicação única e ainda oferece presentes aos seus meninos, porque ontem, com muita pena, não se conseguiu juntar à festa como tem feito todos os anos e como faz em todas as festas dos meninos da sala dela. Há pessoas com vocação. E a C. é uma delas. Sei que o meu filho nunca a esquecerá e espero que tudo o que ela lhe ensina ele também não esqueça.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!