18 de agosto de 2017

Nem todos os nossos amigos têm filhos...

... E há quem não tenha paciência para crianças...  E nós temos um amigo assim. Solteiro, sem filhos e sem a mínima paciência, gosto ou jeito para crianças... Como imaginam, não é fácil combinar programas com ele... Geralmente vai o meu marido, em programa de grupo do bolinha. E assim que ele soube que estávamos sem filhos estes dias convidou-nos logo para hoje irmos jantar a casa dele. E nós vamos, claro. Mas já avisei o maridão que não quero fazer grande noitada, que amanhã de manhã fazemo-nos logo ao caminho para irmos ter com os nossos filhotes!! Ai, que saudades que eu tenho dos meus pequenotes!

Porque é preciso eternizar os momentos...

Hoje vou dedicar-me a acabar, ou pelos menos dar um grande avanço, ao nosso álbum digital de 2016. Para que os melhores momentos não se percam e para que dê para ver o crescimento dos miúdos... (e o nosso também!!!:)))) organizo as fotos sempre por meses, no computador, e depois faço um best of do ano, que começa em Janeiro e termina em Dezembro... E é tão giro ver a evolução deles, é mesmo incrível... 

Estamos de luto por Barcelona...

... e pelo mundo em que vivemos, em que do nada, somos surpreendidos por mais um ataque bárbaro. 

Os terroristas querem plantar o medo e o horror e o mais terrível é que constatamos que já não estamos seguros em lado nenhum. Quando é que isto acabará? Algum dia acabará...?

Notícias dos meus ricos Filhos!

Filho mais velho já tem saudades da civilização... "oh, tia, mas tu não queres ir beber um café a qualquer lado?" O A. do meio anda feliz a regar e a tomar banhos de piscina. A Patanisca mais nova só usa fralda para dormir e chama mãe à tia, aos irmãos e à cadela Pipoca!

17 de agosto de 2017

Hoje depois do trabalho...

... devia ir ao ginásio fazer as duas aulas que marquei, logo de manhã, cheia de boas intenções...

... Também podia ir fazer o álbum digital de 2016, que ainda não fiz o nosso best of do ano passado... 

... Também era boa ideia dar uma arrumação no armário do quarto dos meus filhos... ver o que serve, o que é para dar...

Mas a ideia de ter a casa, o sofá e a televisão só para mim... Oh, meu Deus! Até estremeço de emoção! É uma coisa tão, mas tão rara, quase única, e demasiado tentadora... 

Podia pensar-se que sem filhos em casa dormia muito bem...

... Mas nem por isso. Farto-me de acordar, sonho com eles, sonho que eles estão na nossa cama... Ai, as saudades! São tantas, tantas!!! Mas ontem à noite falámos com eles e estavam bem e felizes. É tudo o que se quer!

Ontem foi noite de cinema!

Gostámos muito do filme Dunkirk. É um grande filme! Vale a pena ir ver ao cinema. Nem pestanejei um segundo. 


E que bom que foi petiscar e ir ao cinema, enroscada no maridão. Ficou a promessa, por telefone, de contarmos o filme ao pequeno Afonso... 

16 de agosto de 2017

Os “polvinhos” que abraçam prematuros já chegaram a Portugal

Que ternura tão grande.

Clicar na imagem para ler o artigo 

Com os filhos fora...

... A minha cozinha vai estar fechada, estando só a funcionar aos pequenos almoços! 


"Tenho saudades de tu..."

Disse-me hoje o meu filho Afonso, quando falámos de manhã. Eu também estou cheia de saudades dos meus 3 filhos, apesar de só estar sem eles desde ontem antes de jantar... A casa fica vazia, eu sinto um vazio... É uma sensação estranha... Só quero que eles estejam bem, passem uns bons dias e que não haja acidentes... sim, coração de mãe galinha está sempre inquieto... É trabalhar durante o dia, aproveitar os fins de tarde para arrumações e limpezas, aproveitar as noites a dois para namorar e dormir bem e contar os dias para os voltar a abraçar a todos!! 

14 de agosto de 2017

Os filhos continuam de férias...

... E vão passar os próximos dias ao Alentejo no Monte de uma tia. Vão os três, que a minha cunhada é uma super mulher e disse logo que os levava aos três. Nós vamos lá levá-los no feriado e depois regressamos a Lisboa. E eu vou ficar com o coração apertado. A Francisca nunca dormiu longe, sem mim. Sei que estando com os irmãos está bem e sente-se protegida. Também sei que adora esta tia e a Pipoca, a cadela labrador. Mas mesmo assim... Sei que vai correr tudo bem, mas sei que vou ficar à mesma com o coração apertado. Sou mãe galinha, apesar de isso não me impedir de os deixar voar... O final de dia foi para preparar uma mala com roupas frescas e confortáveis, um saco com fatos de banho e outro saco com brinquedos e livros para a hora do calor, que será passada em casa, ao fresco... No resto do tempo vão brincar, tomar banhos de piscina e de chuveiro ao ar livre, andar de bicicleta, brincar com pedrinhas e pauzinhos... aproveitar uns dias tranquilos, ao ritmo do verão alentejano, sem televisão ou gadgets e pouca rede telemóvel... Eu e o pai esperamos recarregar baterias a dois, namorar, jantar fora, ir ao cinema... vamos ver como correm estes dias, em que o meu coração vai estar dividido entre o Alentejo e o Maridão, mesmo aqui ao meu lado. 

CAP

O meu filho mais velho tanto insistiu que no último dia de férias recebeu o que ele mais queria: Um cap! Não gosto, mas ele gosta... E já começa (e de que maneira) a querer impor o gosto dele. "É o meu estilo, mãe", diz-me ele. 

Leitura de férias - "No Teu Deserto"

Ia levar o "O Leitor do Comboio", mas à última da hora o livro que foi parar à mala, para acompanhar o do Ken Follet foi o "No Teu Deserto".



Não lia nada do Miguel Sousa Tavares há uns anos, o último foi "Madrugada Suja", que na altura adorei e devorei em poucos dias, era o Afonso recém-nascido. Também gostei muito de "No Teu Deserto", um livro simples e bonito, que se lê muito bem e de forma agradável.