21 de setembro de 2017

A minha estação do ano preferida está quase, quase a terminar...


Eu adoro o Verão. E este foi um Verão mesmo bom. Os meus filhos foram tão felizes durante as férias grandes, durante os dias que passámos na praia! E isso é tão bom, dar-lhes boas memórias, bons momentos em família, no sítio do costume, com os primos e os amigos de verão, o Tiago das Bolas de Berlim... a banhos até à hora de jantar, a jantar tarde e na varanda, a deitar tardíssimo e exaustos, mas felizes da praia, dos mergulhos, dos carrosséis, de jogar à bola na pracinha pela noite fora... Foram as únicas semanas em que a Francisca dormiu as noites inteiras, sem acordar. E isso valeu ouro. Neste verão, também descobrimos as praias de Sagres e vimos os nossos filhos serem felizes com o primo preferido. A Francisca deliciou-se com ameijoas e percebes. Eu gostei da imagem que este ano aparecia no bikini! Dei bons mergulhos e bebi imperiais bem geladas.  E daiquiris de morango! Brinquei com os meus filhos no mar, encantei-me com eles, beijoquei aquelas caras salgadas, enterneci-me com a Kika, cada dia mais crescida e mais fofa! Aproveitámos os fins de tarde, quando regressámos a Lisboa, naquele fim de verão início de rotinas, em que os dias ainda correm a um ritmo mais lento e solarengo. Em que as bicicletas, skates e patins ainda fazem parte do dia a dia. Li bastante e mantive-me na linha da dieta, cometendo algumas facadinhas, mas sem excessos. Namorei alguma coisa, mas menos do que gostávamos... Os nossos filhos estiveram 4 dias sem nós, com a tia no Alentejo, e a Kika encontrou no mano mais velho o colo que precisava... Lambuzámo-nos com fruta de verão, saladas coloridas e tostas boas ao final do dia. Foi um verão mesmo, mesmo bom! Ontem, o Afonso dizia que não queria que o Verão acabasse, mas faz parte, expliquei-lhe, é o ciclo das estações do ano... Para o ano, haverá mais! Com eles ainda mais crescidos e a viverem novas aventuras e novas descobertas!! 

"This is Us"

Está quase a chegara segunda temporada da série This is Us. E eu gosto tanto desta série. Está tão bem escrita, tão bem feita. É impossível não se deixar cativar pela história e pelas personagens. Sou fã. E volta já no dia 28 de Setembro!

Quem não viu a primeira série tente ver, que a Fox Life está a passar. Vale mesmo a pena!!

Natação!

Mais um ano lectivo que começa, mais um ano com aulas de natação. Desta vez, com  os dois filhos a fazerem natação ao mesmo tempo, no mesmo dia, à mesma hora, mas em piscinas e níveis bem diferentes. O pequeno Afonso está no começo do começo. Apesar de no ano anterior ter ido à natação com a escolinha aquilo foi mais chapinhar que outra coisa... Foi o início, o primeiro contacto com as aulas de natação, em ambiente escolar. Correu bem, ele adorou, mas aprendeu nada ou muito pouco. Este ano, numa classe com 5 meninos acredito que vai correr muito melhor. E eu, estou lá a acenar e a dar força. Depois, corro para a outra piscina...

Onde está o filho grande. Ele já sabe nadar, mas ainda tem muito que aprender ao nível da técnica e do aperfeiçoamento. E a mãe lá diz adeus da bancada, sempre babada e orgulhosa. E o que eles gostam! É aproveitar enquanto ainda sorriem e mandam beijos! Divido-me entre duas piscinas para conseguir assistir à aula dos dois filhotes. Depois da aula, duche e saem logo com o pijama vestido para ser chegar a casa, jantar e cama!

20 de setembro de 2017

Nas escolinhas do Benfica...

Já aqui contei como o meu filho Afonso é feliz a treinar no Benfica. Como um miúdo tímido e envergonhado, que se agarra às nossas pernas sempre que chegamos a uma festa num ambiente menos conhecido, que não gosta de dar beijos nem de cumprimentar... este miúdo chegou ao treino e lá foi ele. Sem medos, sem vergonhas, sem nervos nem dedos na boca. E tem sido assim todas as semanas, contra o que poderíamos imaginar... Foi ele que quis ir e nós acedemos porque é uma boa prática, ajuda ao desenvolvimento e dá-lhe alegria. Mas enquanto esperava nas bancadas, enquanto ia sorrindo e acenando, interferindo ao mínimo, constatava que há ali crianças quase obrigadas, crianças que choram, que não obedecem aos "mister", que se afastam, que refilam... E há pais nas bancadas a intervir, a gritar lá para dentro, a dar ordens... No último treino, ouvi: "vai lá, vai treinar, que quando sairmos a mãe dá-te uma prenda que tem no carro!" O miúdo nem quis saber e continuou na dele, sem participar e ignorando o treinador. A senhora continuava a apregoar a tal prenda. A senhora que estava com ela, que me pareceu ser a avó, pergunta: tens uma prenda no carro? E a outra ri e diz: "não, mas ele não sabe. e compro depois o que ele quiser!". Levar as crianças a fazer o que nós queremos porque lhes damos um presente parece-me perigoso para a educação, prometer um presente a uma criança, mentindo-lhe, parece-me uma quebra de confiança no vínculo entre a mãe e a criança. Os miúdos pequenos, estamos a falar de crianças de 3, 4, 5 anos, devem jogar futebol porque lhes dá gozo, porque faz bem, porque têm jeito... não porque as mães querem ser as futuras Donas Dolores. Estar nas bancadas dos treinos de futebol dos mais pequeninos é toda uma experiência sociológica! 

Como um banco do Ikea pode dar divórcio?!

Quando o querido marido o deixa no meio do quarto da filha, depois de lá ter estado à noite quando a filhota acordou. E quando a querida mulher vai buscar a filha de manhã à cama e dá com a canela com tanta força que vê estrelas, chora de dor e diz palavrões... tal é a dor lancinante! Estava lá no cantinho a cadeira que a mãe tinha usado, quando lá esteve também nessa noite, antes do pai... aquele banco não estava lá!! Auch!! 

Uma história da noite muito divertida!

Ontem quando cheguei a casa tinha um presente do Clube do Autor para os meus filhos. À noite, fiz-lhes a surpresa e contei-lhes uma história nova: "Um salto de gafanhoto"! E gostámos todos muito. A história é sobre a amizade e é muito gira e divertida, e está escrita em forma de repetição que funciona muito bem com as crianças. Foi um sucesso lá em casa! Obrigada.



19 de setembro de 2017

Setembro é mês de reinício...

Setembro é mês de reinício... É o mês de estabelecer novas rotinas, novos objectivos... Já aqui partilhei que para mim Setembro é o mês de ano novo, é em Setembro que o ano lá em casa em começa... E entre as actividades lectivas, extra curriculares, novos planeamentos de receitas e ementas, cheguei à conclusão que eu e o meu marido precisamos de sair mais, de conviver mais, de namorar mais... A Francisca já fica com a minha mãe e com a minha cunhada mais velha e temos de aproveitar. É maravilhoso viver para os nossos filhos, para a felicidade e bem estar deles, mas se eu e o pai nos perdermos como casal a família sofre e os miúdos também. E eu e o meu marido precisamos de voltar a viver além dos filhos... Sentimos essa urgência. E vamos começar a fazer mais programas a dois e com amigos! Vamos tentar retomar alguma da nossa vida social. Porque com três filhos pequenos é fácil ficarmos completamente engolidos pelas necessidades, rotinas e programas deles... É preciso esforço, planear, pedir ajuda, arranjar estratégias para termos vida além dos filhos, além de sermos pai e mãe... 

Os lanches da escola

No ano passado, quando o nosso filho mais velho entrou para o 1º ano começámos a aventura dos lanches escolares. Tento ao máximo ir variando sempre com a preocupação dos alimentos e escolhas que faço. Não mando guloseimas, nem sumos e evito mandar bolachas de compra. Regra geral, e porque este filho é um bocado esquisito, mando pão de sementes (que o pai vai comprar à padaria de manhã, ou descongelo bagels de cereais que compro congelados na padaria do Corte Inglês) com fiambre de perú ou manteiga (que ele não gosta de doces, queijo ou manteiga de amendoim) iogurte, fruta e uma garrafa de água. Na escola dão a todos os alunos leite escolar. Às vezes mando bolo de iogurte caseiro, queques caseiros, barras de cereais, cenouras em palito, uma mão de frutos secos... Partilho aqui um artigo do DN sobre este assunto e com algumas receitas. Também podem espreitar este blog, que tem boas sugestões. 





(imagens da Internet)

A professora do meu filho é nossa aliada na alimentação saudável e analisa os lanches dos miúdos com eles. No ano passado dava cores (verde: saudável e vermelho: não saudável) para eles terem noção do que comiam e para tentarem ter uma alimentação equilibrada, mas este ano está a fazer uma corrida. Cada mês é uma maratona e todos os dias recebem um autocolante se o lanche for saudável. Quem mais autocolantes receber no placard ganha a corrida! O meu filho está super entusiasmado. Os autocolantes são com maçãs, pêras e laranjas. É preciso é ser criativo e introduzir bons hábitos, que lhes fiquem para a adolescência e para a vida. Lá em casa, durante a semana não há asneiras e depois nas festas de aniversário deixo-os mais ou menos à vontade... E eles já têm consciência do que é bom, do que faz mesmo mal, do que é preciso comer com moderação...

18 de setembro de 2017

Ementa semanal

Boa semana!!

2ª feira
Jantar: Bifes de perú com arroz de ervilhas

3ª feira
Jantar: Cannelonis com salada

4ª feira
Jantar:  Bacalhau com batata doce e alho francês

5ª feira
Jantar: Rolo de carne com esparregado e batata assada

6ª feira
Jantar: Peixe ao sal

Sábado
A definir...

Domingo:
A definir... 

16 de setembro de 2017

Sexta feira de namoro!

Sexta feira cravámos a minha mãe para cá ficar e nós fomos ao cinema e jantar fora. Adorei o filme, Barry Seal: Traficante Americano! Já tinha visto a apresentação no verão, quando fomos ver o Dunkirk, aproveitando que tínhamos os três filhos no Alentejo, e tinha ficado curiosa. E lá fomos. E tão giro que foi! Gostámos imenso.

Depois, aproveitando que estávamos mesmo ali ao lado fomos experimentar o restaurante da Justa Nobre, que também estava na nossa whish list há algum tempo, mas confesso que ficou aquém das nossas expectativas. Comemos bem, o serviço foi bom, o vinho sugerido era óptimo, mas achámos o preço muito exagerado, extremamente caro. Achámos que não valia o preço cobrado, apesar de estar bastante bom. Mas foi um bom programa a dois. Quando chegámos, perto da meia noite, tínhamos o mais velho acordado a ver a novela com a minha mãe, a Franscica a dormir mo sofá e a o Afonso na nossa cama! Que grande forrobodó! Metemos cada um na respectiva cama, dei um biberão à Kika e fomos dormir. E eles colaboraram e dormiram todos de seguida até de manhã.

95 anos!!

Que maravilha ter uma avó fabulosa que faz hoje 95 anos!! Tão bom, que privilégio ainda pudermos usufruir da sua boa companhia. 95 anos complemente independente e autónoma, ainda cozinha lindamente para nós, ainda se ajoelha para dar banho aos meus filhos e para brincar com eles! Uma grande benção! Uma mulher fora do comum, que tem sempre uma palavra sábia, um carinho ou um ralhete na hora certa!

Um fim de semana... 4 festas!

Este fim de semana é a loucura em termos de festas! Dois lanches, um almoço e um jantar! Duas festas de 7 anos, um almoço de 55 e um jantar de 95! É o que eu digo, somos a família sempre em festa! É sinal de vida e de alegria! O pior vai ser a balança na segunda feira de manhã... Tenho de ter juízo!

15 de setembro de 2017

O meu dia hoje começou às 5 da manhã!

A Francisca acordou e depois só voltou a adormecer perto das 7, hora em que eu tinha de me levantar. Adormeceu ao meu colo num puff. Hoje além de estar cansada tenho o corpo a pedir pão e doces. Não só não durmo como ainda engordo! Não há direito!! Pelo meio, o Afonso também teve pesadelos e o Alexandre também veio para a nossa cama. Que azáfama nocturna! E eu só queria dormir uma noite seguidinha... Temos de voltar para o Algarve, para aquelas duas semanas de férias, onde todos dormiam a noite toda sem interrupções!! Foi tão bom...