16 de junho de 2018

14 de junho de 2018

Estou irritada e desiludida

Na escola do meu filho mais velho, Jardim de Infância e 1º ciclo, andam 500 crianças. A Comissão de pais marcou uma reunião para vermos o que tinha corrido bem, menos bem e o que seria interessante mudar e debater quer com a junta de freguesia, quer com a direção a escola e agrupamento... Sabem quantos pais apareceram? 7! Sendo que 3 éramos da dita comissão... E não somos desocupados e com mais tempo que os outros, não, mas achamos que podemos fazer a diferença e que só se os pais se juntarem se consegue uma escola melhor. Pelos vistos só 7 pensamos assim. Claro que toda a gente tinha interesse em ir, mas não podiam... Nem vos digo para onde me apetece mandar todos! Eu também tinha trabalho para acabar, trabalho que vou acabar agora, porque acho que há coisas que são importantes, e o que se passa na escola do meu filho está no topo das prioridades. Irem para o FB reclamar sabem todos, dar a cara são muito poucos! Estou mesmo enervada..

Viva o Santo António!

Foi um belo feriado! Na noite de dia 12 fomos petiscar a casa de uns grande amigos, que prepararam bifanas, caracóis e entrecosto para nós! Depois lá fomos todos até ao bailarico de Algés, onde eles moram. Mas a Kika estava cansada e às 23h pediu cama... Ontem foi a estreia da Kika no Jardim Zoológico, que é sempre um programa maravilhoso! O que mais adoraram, até porque nunca tinham feto, foi estarem na quintinha abraçados e a fazer festas aos animais... Que ternura! Fizemos o passeio de teleférico, vimos a apresentação dos répteis, o show dos golfinhos e fizemos o passeio para ver girafas, leões, os primatas, os elefantes... Foi uma tarde em família muito, muito bem passada!


12 de junho de 2018

Depois das cerejas...

Chocolate e café, que estou cansada e com os olhos a fechar. Ontem acabei de trabalhar já passava da meia noite e hoje antes das 7 já estava a pé. Já fiz uma reportagem de exterior e já fechei uns guiões. E estou a tentar resistir à tentação de fazer uma sesta... Mas era tudo o que me apetecia... 


Cerejas! A minha fruta preferida!

Gosto tanto, mas tanto de cerejas! São as segundas que compro este ano e, mais uma vez, são deliciosas.
Cá em casa somos os 5 fãs desta fruta maravilhosa, que apetece comer até não haver mais!




E logo começo outro livro!


Este, pronto a estrear, oferecido por uma amiga nos anos. Depois dou a minha opinião, mas o que me alegra mesmo é que com a entrada nos sonos da Kika nos eixos, há uns bons meses já, voltei a ler e a desfrutar de um bom livro antes de dormir. Mesmo que haja noites em que o cansaço é muito, mesmo em que haja noites em que não consigo avançar mais do que meia dúzia de páginas, vou recuperando o meu rirmo de leitura e que é um dos meus grandes prazeres.

Recomendo a leitura!

Adorei o livro. Lê-se muito bem, a história é muito gira e atual, grande parte é passada em Lisboa, a minha cidade e gostei dessa proximidade de locais. Tenho a certeza que vou ler mais obras deste autor, que até há pouco mais de um mês desconhecia.


11 de junho de 2018

Do nosso fim de semana...

Na sexta, depois da festinha da escola dos mais pequenos, a minha mãe seguiu para nossa casa com as crianças e eu e o meu marido tivemos noite de folga! Fomos ver o Tully ao cinema e gostámos imenso do filme. É um filme bem real... Espreitem o trailler no post anterior.
No Sábado trabalhei de manhã, mas o resto do dia foi passado com os miúdos em casa dos meus cunhados mais próximos. Entre brincadeiras, boa conversa e bom vinho de cunhados e banhos de piscina (das crianças) passou-se uma bela tarde, que terminou já depois do jantar, com eles no banho, imundos de um dia inteiro a brincar na terra, a jogar à bola e tomar banhos de piscina!

No Domingo aproveitámos as atividades da nossa junta de freguesia e passámos a tarde com um casal amigo, mais os 3 filhos deles e entre ginástica e um bom almoço terminou mais um fim de semana! É engraçado quando duas famílias se sentam à mesa e somos logo 10! Tão bom! De energias renovadas para mais uma semana!

8 de junho de 2018

Tully

Quero muito ver este filme, só não sei se é hoje, se o meu marido está para aqui virado...



Só me apetece dormir!

Esta semana está a ser de loucos em termos de trabalho, com os dois projetos a bombar, entregas de guiões e um fim de semana reservado para acabar os últimos textos. Já sei que os miúdos vão refilar um bocadinho, mas vai ter mesmo de ser... e para hoje conseguir ir à festa de final de ano da escola (ou direi antes Festa de Natal, já que há frio, chuva, nevoeiro, humidade...) e logo ir ao cinema com o meu maridão (esta semana não conseguimos fazer um único serão juntos, ora eu estava a trabalhar, ora estava ele no padel... ). Sinto que esta semana me engoliu... Se num dos projetos sou 100%  freelancer, faço a gestão a 100% do trabalho e horários, no outro não, e tenho um novo coordenador que vive ao contrário de mim, que trabalha de noite, e que me atrapalha aqui um bocado as entregas quando o trabalho que tenho de fazer não chega de manhã, mas ao final do dia... Mas havemos de nos conseguir coordenar da melhor forma possível. O mais importante é que estou a adorar os dois projetos. E vim aqui desanuviar a cabeça, enquanto passo de um para o outro, para limpar as personagens da cabeça e poder agarrar o outro guião! Não queremos uma vilã traída no meio dos desenhos animados:-))

6 de junho de 2018

Este hoje tinha de vir comigo para casa!


Obrigada, Magda, por mais esta palestra! 
É sempre tão bom ouvi-la! 
Educar é tão difícil, lidar com as birras dos irmãos é tão frustrante!
Acho que se tivesse uma varinha de condão era este o desejo que pedia: acabar com as lutas e brigas entre os meus filhos, que se dessem sempre bem e fossem os melhores amigos. 
Mas não tenho varinha de condão...
Tenho a oportunidade de aprender algumas ferramentas que me ajudem a lidar com as brigas e conflitos entre os meus filhos... parece quase uma missão impossível, há dias tão, mas tão frustrantes não há receitas milagrosas, mas há que tentar evitar alguns erros que já estão estudados, tentar reduzir o stress e ouvir quem tem alguns ensinamentos que nos podem ajudar no dia a dia.
Acompanho a Magda no blog há anos, já fiz vários worksops, fiz um coaching para preparar o mano mais velho para a chegada do segundo filho e tento sempre fazer o melhor, mesmo que haja dias em que me deito com a sensação que ando a fazer tudo mal... Dias em que grito e não é baixinho, dias em que saímos de casa atrasados e do avesso, dias em que corre tudo ao contrário do que imaginámos... Houve coisas que aprendi com a Magda e que adoptei para a minha vida como acordar antes dos miúdos e ir acordá-los já pronta, deixar mesa de pequeno almoço preparada de véspera assim como roupas e mochilas... Ainda não aprendi a berrar baixinho e ainda tenho um longo caminho a percorrer, mas acredito na parentalidade positiva e sei que é por aí... É é mais difícil do que eu poderia imaginar... 


No fim de semana fomos à feira do livro e trouxemos para casa



(já tínhamos este do mesmo autor e é um sucesso)


O filho mais velho devorou o livro nesse mesmo dia! 

Para mim, este ano não trouxe nada. Estou entretida a ler o último livro que requisitei na biblioteca, e que estou a adorar, até porque parte da ação se passa na minha querida cidade de Lisboa. E desde que aderi à requisição de livros e consigo ler os livros que me interessam, sem gastar dinheiro, não sinto falta nenhuma em comprar livros. Poupo imenso dinheiro e espaço, que tenho centenas de livros e se mudarmos de casa em breve nem tenho como os levar a todos, que vamos simplificar e minimalizar...