31 de agosto de 2016

Adormecer ao peito

A Francisca adormece ao peito. Almoça, mama e dorme. Lancha, mama e dorme. janta, mama e dorme. Não é do leite que vai à procura, mas do conforto do meu colo, do meu peito, do meu abraço... Não mama muito (acho eu), mas mama o suficiente para adormecer profunda e serenamente no meu colo... Podia ter cortado isto, podia. Mas não quis. Não sei se fiz bem se fiz mal, mas duvido que um momento tão doce para as duas, um momento de uma comunhão tão grande possa ser negativo... E eu sei por experiência própria que os filhos crescem tão depressa... Há que aproveitar estes momentos. Sei que ela não precisa deste complemento materno de amor para se alimentar porque já come refeições e que o meu leite é exclusivo de manhã e a meio da noite e, por isso, acredito que não vai passar fome na creche. Para já não vou introduzir nenhum leite de fórmula e para a semana logo acerto tudo com o pediatra. Se ela mamar de manhã, depois na escola almoça e lancha, e mama quando eu chegar, depois de jantar e à noite... Acho que se fizermos isto vai correr tudo bem, caso contrário adaptamo-nos para o que for melhor para a Francisca. Até porque temos uma semana e meia para nos organizarmos antes de eu ir trabalhar... Até pensei vir a Lisboa dar de mamar na hora de almoço, são 15m para cada lado do meu trabalho à creche, mas depois pensei que decidi/ combinei com o meu chefe voltar ao trabalho nesta altura para já me conseguir focar no trabalho durante o dia e não estar a misturar tudo... e a não fazer bem nem uma coisa nem outra... O que eu não sabia é que a Francisca ainda ia mamar tanto nesta fase (é a recordista da maminha entre os 3 manos) e que nesta fase ainda não ia estar cheia vontade de trabalhar. Não estou, mas tem que ser. E vai ser bom para todos. E durante o dia a minha bebé não vai ter o meu colo, mas tem o colo de quem também já embalou com muito amor e carinho os dois manos. Ela vai estar muito bem entregue, cheia de mimo e vai iniciar uma nova fase. Está a crescer. E custa-nos mais a nós do que a eles.

A poucas horas do fim das férias escolares...

... Sinto um enorme aperto no peito. O meu filho mais velho começa amanhã as actividades do CAF na nova escola. Tudo novo, ninguém conhecido... É o começo de uma nova etapa e eu estou com nervoso miudinho por ele. Inscrevi-o nestas actividades porque achava que começa a trabalhar amanhã, dia 1, e depois deixei ficar porque ele já está entusiasmado, porque é um começo antes de começarem as aulas, é uma forma de adaptação e de ir conhecendo meninos... Mas pro outro lado apetecia-me ficar com ele um dia só para mim... Um dia de atenção exclusiva. E acho que o vou fazer durante a próxima semana. O meu filho do meio começa amanhã no Jardim de Infância, mas com a educadora de sempre, os amigos do coração. Está feliz por começar a escola e eu estou feliz por ele! E a Francisca começa amanhã a sua primeira hora no berçário... E eu começo dia 12 e ainda gostava de conseguir descansar um bocadinho antes de regressar, mas por outro lado já estou com saudades deles e deste tempo só nosso. Que é muito cansativo, exigente e às vezes louco, mas que também é o melhor do mundo... Sinto alguma esquizofrenia materna, mas acho que faz parte... 

28 de agosto de 2016

Coração de mãe ❤️

Fiquei com o coração apertado e lágrimas nos olhos quando ontem, já deitada na cama quase a dormir, me dei conta que faltam poucos dias para a Francisca ir para a creche. Foi um aperto tão grande. Estamos tão ligadas uma a outra, é uma bebé tão querida, tão risonha, tão fácil... Tem sido tão maravilhoso ser mãe dela, amamentá-la sempre que ela tem sede, fome ou sono... Gostava de ficar com a Francisca até ela completar um ano, mas tenho de voltar ao trabalho, já foi muito bom, mais do que bom, poder esticar a licença mais a licença sem vencimento até Setembro, somos umas sortudas e umas privilegiadas, e a Francisca vai ser muito bem cuidado na creche, com a educadora que era do mano mais velho e duas auxiliares que são um amor, e que já cuidaram dos manos. Podiam pensar que por ser a terceira há coisas que se tornam mais fáceis, mas não... E a separação do regresso ao trabalho custa sempre. Também sei que depois, à medida que os dias passam, encaramos bem a nova rotina e os fins de dia passam a ser mágicos. Mas só de pensar em deixá-la... A sorte é que vamos fazer uma adaptação muito suave, muito pouco tempo em cada dia para a minha princesa não estranhar tanto... Vou segredar-lhe muitas vezes ao ouvido que ela fica bem, que a mãe a mãe e que ela fica bem... E dar muitas graças por a deixar tão bem e por podermos ter estado praticamente 8 meses juntas, dia e noite... ❤️

Sábado foi muito bom!

Almoço em casa de uma grande amiga de há 20 anos com as respectivas famílias. Apesar do filho dela já ter 10 anos dá-se muito bem com os meus filhos e brincam muito bem! Depois de um bom almoço fomos a pé para a praia das Avencas, uma estreia para os meus filhos que ao início estranharam as rochas, mas passado poucos minutos estavam felizes a procurar caranguejos e estrelas do mar. A água estava maravilhosa, limpa e a uma temperatura perfeita, e a Francisca voltou a adormecer ao meu colo, à beira mar... Saímos da praia já eram oito da noite. Tão bom!! E os miúdos estiveram tão bem o dia todo, tão divertidos e tão felizes que não houve lugar nem para birras nem para discussões. Adoro o verão, andar na rua, banhos de mar, passeios no parque... Sou muito de exterior e gosto de fazer programas e de laurear!! 

27 de agosto de 2016

Mais uma semana de férias com os miúdos chegou ao fim...

Foi ontem, sexta feira, que terminou mais uma semana de férias com os miúdos em casa. Em casa é como quem diz, que andamos muito na rua e é mais fácil andarmos a passear, em programas ou simplesmente no parque do que ficarmos em casa. Ontem foi dia de Quinta Pedagógica, um programa sempre garantido e gratuito, dia de lanche com a bivó, que aos 94 anos ainda faz pão de ló, limonada e folhadinhos de salsicha para o lanche, servidos em louça linda e antiga, e o fim de tarde foi no parque com as bicicletas!! 
E sabem o que me disse o meu mais velho, ontem antes de dormir: mãe, gosto muito de estar contigo e com os manos, mas estou farto de férias e de estarmos em casa!! Hoje, filho, mas nós nunca estamos em casa, ando sempre a passear com vocês ( põe no carro, tira do carro, ele é carrinho de bebé, skate, bicicletas...) e temos feito tantos programas giros...  Ele tem saudade dos amigos e ainda mais saudades porque sabe que não os vai encontrar na nova escola e isso está a mexer-lhe por dentro, eu sei... Mas tenho a certeza que em poucos dias vai fazer novos amigos e que vai ser muito feliz na escola nova:)) é o que desejo, do fundo do meu coração!! E enquanto não começa as actividades do CAF da nova escola vou inventado programas para lhes ocupar os dias e os divertir. Um dos programas altos da semana que passou foi a piscina das bolas da zona infantil do Ikea!! É uma hora de diversão garantida!! Os meus filhos adoram. 

25 de agosto de 2016

Conclusão desta mãe ao fim de mais um dia de férias escolares...

... Se eu fosse agora para a tropa iria parecer-me um SPA de 5 estrelas!! 😀 E atenção que o dia de hoje até correu bastante bem, mas é cansativo, são 3 crianças pequenas para cuidar e entreter todo o dia! E põe no carro, tira do carro, faz almoço, faz lanche, faz jantar... Vai ao parque, vem do parque, vai comprar fruta... Hora do banho, toca a vestir... Mas onde estamos todos melhor é no parque. Entre as bicicletas, o skate, o parque infantil e os vários amigos que vão fazendo ao longo destas férias estão super entretidos e felizes... E até eu já fiz amizade com uma das mães, que bem me ajudou ontem quando o Afonso deu uma valente queda de bicicleta. Felizmente foi só um grande susto, um lábios rebentado, queixo e nariz esfolado... Eu só quero terminar estas férias com os meus filhos inteirinhos!!! Amanhã há mais!!!

24 de agosto de 2016

Última semana de férias e o fim da licença de maternidade que se aproxima...

Sou uma priviligiada por ter conseguido estar tantos meses em casa com a minha bebé. Vou começar a trabalhar na véspera da Francisca completar 8 meses e sinto mesmo que fomos abençoadas com este tempo para nós... O facto de ainda ter a minha filha sempre comigo tem permitido que a amamentação continue a correr muito bem, com ela mamando sempre que quer, mas já de forma natural (por opção dela quase que só mama de manhã, à tarde, antes de ir para a cama e a meio da noite) a prepararmo-nos para a nova etapa que começa dia 1 de Setembro, dia em que a Francisca irá para o berçário. Vamos fazer a adaptação com toda a calma do mundo, uma hora por dia até que no dia 12 de Setembro, dia em que eu regresso ao trabalho, ela ficará o dia todo. Está a ser a licença mais saboreada, aprendemos com tudo o que vivemos com os outros filhos e tentamos sempre fazer melhor... E o facto de saber que será a minha última bebé, que não terei mais filhos, faz com que aproveite ainda mais e mais intensamente cada momento... Pelo meio deste namoro encantado tenho os meus piratas mais velhos nesta recta final de férias, que também precisam de muito mimo e atenção. Eu bem tento chegar a todos, mas nem sempre consigo... Tem sido um intenso mês de Agosto!! Dia 1 não é só a Francisca que começa uma nova fase, os rapazes também. O Afonso regressa à sua escolinha para rever os amigos e a educadora e a maior mudança vai ser para o Alexandre, que vai começar o 1º ano do ensino básico numa escola nova. As primeiras 2 semanas não tem aulas, tendo apenas as actividades do CAF (Componente de Apoio à Família) que o vão ajudar a conhecer a escola, os colegas, os monitores... Pelo que vi vão ser dias muito divertidos e com actividades giras! Até o ano lectivo começar vou tentando gerir as férias o melhor que consigo. Uns dias correm melhor, outros dias pior...

Inscrevi-me num ginásio!!

Já está! Ontem assumi o compromisso de começar a fazer exercício físico com regularidade. É ao lado da creche dos mais pequenos e é Low Cost. Posso ir logo de manhã depois de deixar a criançada toda na escola e antes de ir trabalhar... Ah, pois é... A minha licença está a terminar e regresso ao trabalho dia 11, na véspera da Francisca completar 8 meses. E ir ao ginásio e ter algum tempo para mim vai fazer parte das boas práticas deste novo ano (lectivo) que está prestes a começar. Sim, para mim o ano começa sempre em Setembro!

22 de agosto de 2016

E hoje: oceanário de Lisboa!


Todas as fotografias foram tiradas pelo meu filho mais velho, que estava super entusiasmado e que adora ir ao Oceanário. Já o Afonso, 10 minutos depois, ou talvez 5, decretou que já não queria mais peixes, queria ir embora. Foi preciso algum jogo de cintura para o ir distraindo e o jogo foi: encontrar o Nemo! Conseguimos, quase perto do fim e ele delirou! A Francisca foi pendurada no marsúpio. Foi uma tarde boa para esquecer a manhã que começou mal: íamos almoçar a um dos nossos restaurantes preferidos aqui no bairro, eles quiseram levar as bicicletas, um calor de 30º e quando lá chegamos estavam ainda fechados para férias, reabrindo só amanhã. Voltar tudo para trás, todos cheios de fome. Chegar a casa e encomendar uma pizza. Ligam passados 2 minutos a dizer que hoje não fazem entregas de pizza!!! What?!!! Lá desenrasquei uns wraps de atum e alface... Depois desta manhã uma tarde bem fixe que terminou com um bom lanche e brincadeira num sítio óptimo para os miúdos. E a Francisca só adormeceu às 19h, quando chegámos a casa. Agora anda numa fase que não quer dormir. Mas não fica refilona nem chorona, mas a mim custa-me que uma bebé de 7 meses tenha decidido não dormir durante o dia... e o pior é que também não dorme muito bem à noite, acordando muitas vezes para mamar. São fases.

Nem todos os meus dias são louuuuucooooos!!

O dia de ontem foi PERFEITO!! Um dia entre amigos no paraíso, um dia de praia de sonho, água maravilhosa... o melhor banho do ano! 5 casais, 12 crianças e um dia de brincadeira, boa comida, praia, piscina que só terminou de madrugada, no regresso com o último ferry! O dia de ontem foi um bálsamo para mim, um dia em que os miúdos andaram entretidos na brincadeira, andaram soltos, felizes... Com 12 crianças não houve um choro, uma birra... Eu precisava de um dia como o de ontem para ganhar fôlego para mais uma semana com os 3:-))) E consegui!! E quando for grande (leia-se, rica) quero ter uma casa aqui, neste paraíso mesmo aqui ao lado de Lisboa. Até lá, vamos aproveitando sempre que nos juntamos com estes amigos do meu marido, uma grupeta muito fixe, e gozando dias muito bons!!

E a alegria da minha Patanisca a brincar com a areia! Estava feliz!! Foi mesmo um dia abençoado.

19 de agosto de 2016

E como correu esta semana de férias sozinha com eles?

Estou em clara minoria nesta casa e estou com pouca paciência. Os rapazes estão armados em rapazes e fazem muitas asneiras. E descobriram que fazer asneiras juntos é quase tão divertido como andarem às lutas ou a brigar. Eu tenho imensos planos de programas fixes para estes dias de férias ( pavilhão do conhecimento, Jardim Zoológico, Oceanário...) mas depois eles portam-se mal e eu ponho-os de castigo. Ficamos em casa e ainda é pior a emenda que o soneto. No meio de castigos e zangas já conseguimos ir ao cinema naquelas que foram as melhores 3 horas da semana!! Foi tão bom. O filme foi giro e foi maravilhoso estar sozinha com os meus rapazes, com eles agarrados a mim o tempo todo. Foi mesmo bom!


É horrível andar em guerra com os meus filhos, mas eles estão mesmo a testar todos os limites da minha paciência. E eu nem sempre tenho conseguido manter a calma. Sei que tenho estado bem longe da mãe que quero ser, mas sinto-me cansada de tanto disparate! Hoje voltei a conseguir sentar-me com o mais velho a fazer umas fichas introdutórias ao 1º ano à base de pintura, jogos, colagens, desenho dos números... E ele até gostou e esteve sossegado e interessado. O mano também estava connosco a pintar e foi um momento e raro silêncio por aqui. No meio disto tudo, senti o sismo mas fiquei na dúvida se tinham sido os meus filhos ou os miúdos do andar de cima... Com tanta algazarra e gritos de Tarzan lá os vou soltando no parque para correrem, jogarem à bola ou andarem de skate!! Quem tem andado mais agitada e a dormir pior é a Francisca. Acho que tem saudades das sestas na praia. Estão os três a ressentir-se da liberdade que tinham no Algarve... Eu só peço um pouco de silêncio e a minha série do momento antes de dormir. 

Preciso deste tempo para mim e para o meu marido para ganhar forças e fôlego para amanhã acordar cheia de energia e paciência. Os meus filhos são a minha maior riqueza e o meu amor maior, mas com tantas férias, tanto tempo... Estou de licença há 8 meses... Há alturas em que sinto que eles me querem endoidecer!! O bom é que já é fim de semana e com o pai por perto os meus estarolas não fazem tanta farinha!! 

16 de agosto de 2016

Momento alto do dia!

Fomos dar o nosso pequeno contributo aos Bombeiros Voluntários (e para a ocasião o Afonso até levou o seu capacete de bombeiro!)  mas quem ganhou o dia foram os meus filhos que tiveram a sorte de ser levados a dar uma voltinha no carro dos bombeiros!! Adoraram, claro!! Pelo meio tentei que eles percebessem o motivo da nossa pequena contribuição e a importância de ajudar, de contribuirmos com o que podemos.


Os meus rapazes tiram-me do sério!

Eles brincam, bulham, batem-se, magoam-se, abraçam-se, amam-se, odeiam-se, riem, choram... E eu zango-me com eles, muito mais do que eu gostaria, muito mais do que idealizei e desejei... Nem sempre consigo ser justa e imparcial e dou por mim a pensar que seria muito melhor mãe se fosse só um, que isto de ser mãe de vários, neste caso três, é mais duro, é mais desafiante... E para já as guerras são só entre os dois rapazes, que a mana continua a princesa sorridente que ri às gargalhadas com as loucuras deles. Deus me dê muita paciência, que eles são crianças... Mas desconfio que vão ser duas longas semanas até ao início do ano lectivo... 

The Affair

Estou completamente rendida a esta série que começámos a ver este verão! Adoro a história, a forma não linear como está a ser contada, a riqueza dos diálogos... Estou fã!!



O regresso a casa

Foram dias muito bons no Algarve que acabaram como começaram: com a insanidade de conseguir enfiar a tralha de 20 dias no carro. E temos um carro grande, uma monovolume, mas temos também uma família grande e foi uma aventura (obrigada, maridão) meter tudo no carro. E temos a sorte de ter na casa do Algarve a cama de viagem, a banheira, a cadeira da papa e outras comodidades... Chegámos de madrugada com o os miúdos a dormir e o que me soube melhor foi o silêncio. E não me refiro ao silêncio deles vierem a dormir, mas o silêncio de Lisboa às 2h30 da manhã! É que onde estávamos no Algarve há barulho a toda a hora, há sempre gente na rua, há feira, há carrosséis, há crianças acordadas até tarde, há alentejanos no seu Cante madrugada fora... Adormecemos com o barulho da rua e acordamos outra vez já com muito barulho. É o silêncio soube bem. Até a Francisva estranhou tanto silêncio e quis logo mamar quando chegámos e enquanto o pai descarregava as malas e sacos e saquinhos, mais a prancha de Skimming, mais os sacos que trouxe com produtos do Mercadona... Vínhamos todos tal maneira exaustos que temos acordado perto do meio dia. É verdade!! Tirando o meu filho mais velho que é madrugador e adora ter a casa e a televisão só para ele. Até a pequena Francisca tem alinhado nestas sornas. Acorda de manhã, vem para a nossa cama mamar, adormece e eu também... Fica um bocadinho em regime de self service porque acordo com ela a mamar outra vez quando volta a despertar!! Foram duas boas noites de sono neste regresso a casa, um regresso calmo ao som da máquina de lavar que entrou ao serviço!! Tanta roupa para lavar!! A sorte é que com este tempo em menos de nada está seca. É um despacho. Com o regresso do pai ao trabalho começam as nossas férias sem ele e há que entreter estes rapazes até ao início do ano lectivo. Só peço paciência para não me zangar com eles e com os seus disparates. Quero que sejam dias felizes para fecharmos o verão com chave de ouro! E ideias para programas não me faltam!! 

14 de agosto de 2016

Grupo Os Mosqueteiros lança livro infantil para apoiar os Bombeirosportugueses!!!

Chegámos de férias e tínhamos à nossa espera o livro «As Profissões de um Bombeiro», que fez logo as delícias dos meus filhos, em especial do Afonso, que quer ser bombeiro quando for grande!




Este livro resulta de uma parceria entre o grupo de distribuição Os Mosqueteiros, detentor  do Intermarché, Bricomarché e Roady e a Liga dos Bombeiros Portugueses. O objetivo da campanha é sensibilizar e envolver os mais novos na causa dos bombeiros e em simultâneo angariar fundos para a compra de equipamentos de proteção individual de combate a incêndios florestais. E nunca fez tanto sentido ajudar os bombeiros, que tanto têm feito pelo nosso país e pelas nossas florestas neste verão horrível que tem sido marcado pelo flagelo dos incêndios!!



De 25 de julho a 31 de agosto, ao comprarem pelo valor de 1,99€ um exemplar da história do Mateus, o herói deste livro, os portugueses vão estar a contribuir para a aquisição de equipamentos de proteção individual de combate a incêndios florestais para os Bombeiros portugueses. 

Esta é uma maneira divertida de ajudar os bombeiros, que merecem tudo o que possamos fazer por eles. Para a semana, tal como tantas outras famílias, vou com os meus filhos levar bens ao quartel da nossa zona porque todos nós temos o dever de ajudar. E não só estamos a ajudar como estou a educar e a sensibilizar os meus filhos para várias questões importantes da cidadania!! Eles estão super empenhados em ir ajudar os bombeiros e o Afonso disse logo que levava o capacete dele e o fato de bombeiro!!

13 de agosto de 2016

7 meses da Francisca Patanisca

É a bebé mais fixe do mundo!! Está sempre bem disposta, quer esteja na praia, no meio da chinfrineira dos carrosséis às onze da noite ou a ser apertada pelos irmãos!! Tem um sorriso maravilhoso e dá umas gargalhadas que enchem o coração!! Adora os manos e está sempre atenta ao que eles fazem, às suas vozes! Come tudo e come bem e consola-se a roer os caroços dos nossos pêssegos. Adora uvas! E adorava provar tudo o que comemos, em especial as maravilhosas bolas da praia! Dorme lindamente em todo o lado. Não faz birras, é raro chorar, mesmo muito raro, e adora sorrir!! Tem uns olhos lindos e um olhar atento! Adora estar de pé e já puxa a toalha da mesa!! Já estende os braços a pedir colo. E é tão bom dar-lhe o colo. Adora beijinhos e que a levantemos no ar! Gosta de tomar banho e já gosta de brincar no banho. Leva tudo à boca. Adora estar à beira mar e gosta de dormir na praia. É uma bebé serena e feliz. E nós somos muito, mas muito mais felizes por a termos nas nossas vidas!! És o amor cor de rosa da mãe!! ❤️

Em fim de férias...

... A visita de uns amigos tornou o nosso dia e dos nossos filhos ainda mais especial!! Foi um dia top que acabou na loucura dos carrosséis, carrinhos de choque e afins que fez a delícia das crianças e conseguimos juntar três grandes amigos da escola, que este ano seguem caminhos diferente, pois cada um deles vai para uma nova escola, mas que esperamos que se continuem a dar e a ser amigos, porque nós pais também gostamos bastante da companhia uns dos outros e tudo faremos para que eles não percam o contacto, e nós também não!! Foi um dia mesmo bom, com a água do mar hoje à tarde a bater todos os recordes a 29º!!! Foi uma delícia e os miúdos passaram horas e horas dentro de água!! Estamos a despedir-nos das férias com chave de ouro!!! 

11 de agosto de 2016

Trocámos o mar pelo Rio

É bom quebrar as rotinas das férias e na quinta feira fomos passar o dia a Alcoutim. Eu ia com a fisgada de atravessar o Rio Guadiana de Slide ( precisava de uma descarga de adrenalina e de gritar no vazio, bem alto e a toda a velocidade), mas estava tudo reservado e ainda não foi desta. Para a próxima marco antecipadamente!  Mas o dia não ficou perdido, só eu um bocadinho desanimada, vá, mas fomos para a Praia Fluvial de Alcoutim, segundo destino do dia, e foi muito giro!! Os miúdos deliraram com o rio - água quentes, sem ondas, pé em todo o lado - e eu e a Francisca curtimos à sombra, na relva. Foi um dia diferente para quebrar os 20 dias de praia que já levamos!! 


Nota: A Francisca Patanisca já se aguenta bem sentada!! 

Embalada pelo som do mar

Mudámos completamente as rotinas da Francisca, trocámos-lhe completamente as voltas, mas ela adaptou-se maravilhosamente e criou novas rotinas. De manhã, quando acorda vamos até à praia. Acorda sempre por volta das 10 e pouco e lá vámos, geralmente com o mano mais velho que é madrugador. Vamos para a beira mar, que é onde ela gosta de estar bem atenta a tudo e onde o mano está a fazer Skimming com a prancha que recebeu por ter ido para o 1º ano, como prometido há um ano quando ele começou com o bichinho e a experimentar as pranchas dos primos mais velhos. Lá ficamos, molhamos os pés, e ela ri, sempre muito atenta ao que se passa. Adora. Depois começa a coçar os olhos, enrosco-a em mim e ela adormece profundamente. Há tarde, depois do lanche, repete-se o ritual e a minha Patanisca volta a adormecer profundamente ao meu colo, embalada pelo som do mar e das vozes que se ouvem à beira mar. 

10 de agosto de 2016

Das nossas férias❤️

Nem tudo é perfeito, é cansativo fazer férias com 3 filhos tão pequenos, mas o que fica são os mergulhos deliciosos nesta água quente, os fins de dia na praia, as saídas à noite, as conquistas da Francisca que em mais de 2 semanas de férias não fez uma birra nem se ouve chorar. O mesmo já não se pode dizer dos irmãos. Faz parte. Mas apesar das birras e do cansaço, do pouco tempo para nós e das horas roubadas ao sono é maravilhoso ver a alegria deles, senti-los livres, felizes, a aproveitar tudo e a quer sempre mais!

As melhores fotografias estão na máquina. Estas são apenas registos do telefone. A máquina que comprámos este ano é que é fabulosa. É aquática e temos fotos maravilhosas dentro e fora de água. Foi mesmo um óptimo presente que demos a nós próprios. 

8 de agosto de 2016

Iogurtes à beira mar

Não ia introduzir já os iogurtes ao lanche porque a Francisca continua a mamar nessa refeição, mas com estes dias longos em que ficamos na praia até ao sol desaparecer do horizonte precisei de introduzir uma refeição extra à minha Patanisca, até porque ela ficava num desassossego quando me via abrir a lancheira e distribuir iogurtes, bolachas, fruta, queijinhos... Por isso comecei a levar iogurtes naturais para a praia e têm sido um enorme sucesso: Adora!!! Despacha um iogurte inteiro, bem fresquinho, em menos de nada. E depois sorri cheia de bigodes brancos, feliz e consolada ❤️

Ao Sul❤️

Ando ausente a curtir as férias!! Vamos precisar de férias destas férias, mas estamos todos tão felizes e satisfeitos como cansados. O mar está perto dos 26º, os jantares têm acabado de madrugada, nestas noites quentes, com os miúdos a brincarem com os primos até lhes faltarem as forças e com a Francisca a dormir no carrinho, profundamente e feliz! Ninguém acorda antes das 10 e nunca saímos da praia antes das 8 da noite... Estamos mesmo em modo de férias.  Só precisava mesmo era de mais 2 horas nos meus dias para descansar um pouco, ler o livro que me acompanha há umas semanas, ver a série que trouxemos para ver... Mas a sair da praia como hoje às 20h45 é inevitável que tudo dê para muito tarde e que depois de deitar os miúdos, perto da meia noite, faltem as forças e a única vontade é ir dormir... Até amanhã!! 

Pézinhos (mais fofos) na areia