30 de março de 2018

29 de março de 2018

Férias


Contrariando as previsões o tempo continua muito bom e temos aproveitado bem, com o marido já melhor e já a passear connosco! Até o senhor das bolas de Berlim apareceu para tornar a manhã de praia ainda mais especial! 

27 de março de 2018

Boa Páscoa


A sul...
O tempo está prefeito e a manhã foi passada na praia! 
Só faltou o maridão que ficou de molho, em casa, cheio de febre e tosse... esperemos que fique bom depressa para que possamos ter umas boas férias a 5! 

23 de março de 2018

Quem é que se identifica?

Vale-me o meu filho Afonso, que gosta de tudo, come bem e com prazer! É frequente ouvi-lo passar na cozinha e dizer: "cheira tão bem..." e às refeições diz muitas vezes: "o jantar está muitá bom!!!" 

A Kika já não foi vacinada com a vacina do BCG

Esta notícia é preocupante e alerta que "Aumentou tuberculose em crianças no ano em que mudou a vacina do BCG".

A propósito das férias que se adivinham...

Comentava hoje de manhã, enquanto nos arranjávamos, que estou cansada da loucura da correria destes dias, que quero mesmo abrandar na Páscoa, rir com os miúdos, desligar do stress... E dizia-lhe: já reparaste que os miúdos andam sempre a toque de caixa? Estão expostos ao stress contínuo dos pais, andam sempre a correr, a ser puxados por nós, que estamos sempre com pressa... Coitados! Bolas! Sinto que estou sempre a dar ordens, a mandar fazer coisas... Uma canseira! Temos mesmo de desligar estas férias. Temos de abrandar o ritmo. Não sei o que faremos, como o faremos, porque acho que o stress e o ritmo louco já se alojou dentro de nós, mas acho que devo isso aos meus filhos. Estou cansada de correrias... Estamos todos a precisar de uma bolha de paz, muito riso, cócegas, gelados... 

22 de março de 2018

Adoro este jogo!

Foi a educadora do Afonso que lhe deu quando foi à festa do seu 3º aniversário! (Fico sempre comovida quando as educadoras e auxiliares dão um pouco do seu fim de semana para vir cantar os parabéns à festa da família e amigos, os miúdos adoram e mostra imenso carinho por eles) Basicamente é uma caixa com dados, cada lado tem uma figura e a ideia é lançar os dados e construir uma história com as imagens que calharam. É muito giro ver os miúdos mais pequenos a puxar pela imaginação e a criar histórias! Claro que depois, é quas certo, que chega a mão da mana mais nova e baralha os dados todos...



Em contagem decrescente para as férias da Páscoa!

Lá em casa estamos todos entusiasmados com a pausa que se aproxima. Nem sempre conseguimos tirar dias de férias durante as pausas lectivas do mais velho - a IPSS dos pequeninos só fecha em Agosto - e lá vai ele para o CAF (Componente de Apoio à Família). Ele não se importa nada, gosta mesmo muito, e ainda lá vai parar uns dias depois da Páscoa, mas a verdade é que vai saber muito bem sair de Lisboa, ir até ao Algarve, às compras e às tapas a Ayamonte e tentar descansar. Este ano a Páscoa é muito cedo e o tempo não está para banhos, só de chuva!!!, mas vamos mudar de ares e esperamos sair do stress da rotina!

Faro

25 Dom
10º19ºVento: moderado de NW
NW
86% 
26 Seg
19ºVento: fraco de N
N
2% 
27 Ter
19ºVento: fraco de N
N
0% 
28 Qua
20ºVento: fraco de NW
NW
0% 
29 Qui
18ºVento: fraco de NW
NW
6% 
30 Sex
16ºVento: moderado de SW
SW
52% 
31 Sáb
16ºVento: moderado de SW
SW
54% 

Uma aula diferente

Numa semana dedicada à família, a escola básica do meu filho mais velho abriu as portas aos pais, mães, irmãos, tios ou avós que pudessem estar presentes! Na segunda foi o meu marido e ontem fui eu e calhou-me uma aula de ginástica!! Saltei à corda, fiz o pino à parede, dei cambalhotas, saltei à macaca e fiz equilibrismo!!! O meu filho de manhã bem me disse: leva ténis!! E eu levei! E foi muito giro. E os miúdos, claro, felizes por lá terem alguém da família. Nem todos tinham alguém, que nem sempre é possível, e faz parte lidar com isso, mas os que não tinham estavam divertidos e em interacção com os outros pais.

21 de março de 2018

Lar doce Lar


Estamos numa casa arrendada mas os valores das rendas em Lisboa estão, novamente, a tornar-se proibitivos. Adoramos a nossa casa, o óptimo espaço que tem, a localização, a arrecadação, os roupeiros, o terraço, tudo, tudo... Mas está na hora de começar, lentamente, a espreitar o mercado imobiliário para comprarmos uma casa para a nossa família... Apesar dos valores da scasas para comprar também estar ao rubro (diz que Lisboa está na moda e ao preço da chuva para os estrangeiros, mas eu e o meu marido não somos aumentados há anos, tudo aumenta, e de 2 passámos a ser uma bela família de 5, que ocupa bastante espaço numa casa! Queremos ficar na zona, ou perto, devido à óptima oferta de escolas públicas, que tem um grande peso no nosso orçamento familiar, e à qualidade de vida que temos por estar tudo  concentrado (escolas, creche, Jardim de infância, natação, piano... mais tarde boas escolas secundárias...) num raio de pouco mais de 1km... E havemos de encontrar, sem pressas nem precipitações. 
                                                                     
(imagens, daqui)



20 de março de 2018

Não é um reclamação, mas é uma constatação

Na hora de definir equipas sei que as primeiras escolhas não é para quem tem três filhos pequenos, precisa de ficar a trabalhar em casa quando eles estão doentes, não tem tanta disponibilidade para ficar até tarde, para trabalhar aos fins de semana, para quem não está a par de todas as séries do Netflix, para quem não põe o trabalho em primeiro lugar, para quem é sempre a primeira a sair das festas de equipa porque o dia seguinte depois de uma noitada é muito duro. Eu fiz uma escolha, fiz a opção de ser mãe e de ser uma mãe presente no dia a dia dos meus filhos. Escolhi ser a mãe que vai levar e buscar à escola, que vai ao parque quando o tempo permite antes de seguirmos para casa, que leva à natação (apesar da logística da piscina me cansar um bocadinho), que dá o banho ao final da tarde, que está nas reuniões e ajuda a organizar as festas da escola... Para mim não faz sentido estar a ganhar mais dinheiro para não estar com os meus filhos... Se isso significa ganhar menos, menos promoções, não ser a primeira opção no trabalho, não faz mal... A minha primeira opção também é cuidar da minha família e dos meus filhos. Preciso (para a cabeça e para a carteira) de trabalhar, sinto-me realizada  a trabalhar e adoro o meu trabalho, que faço com brio, empenho e paixão, que isto da escrita vem de dentro, mas a minha família virá sempre em primeiro lugar.

Mais um livro para a história da noite!

Este livro veio da biblioteca da escola do filho mais velho, onde incentivam os alunos a ir à biblioteca da escola requisitar livros ou filmes em DVD. Ele ao início trazia filmes, mas nunca tínhamos tempo para ver, temos já tantos na televisão, que decidimos que da biblioteca traz só livros. Este é muito, muito giro e tem feito as delícias de todos, especialmente da Kika.






Não resisti e vou partilhar...

Este Jogo do blog Na Cadeira da Papa está maravilhoso! Eu assumo: 6 pontos! E vocês!!



Ontem à noite comecei um novo livro

Nunca tinha lido nada desta autora, mas Tempo de Partir foi-me recomendado por uma colega de trabalho. Veio directamente da Rede de Bibliotecas de Lisboa cá para casa. Ontem ainda li pouco, que o sono falou mais alto, mas daqui a uns dias digo o que estou a achar.

Durante mais de uma década, Jenna Metcalf não deixa de pensar na sua mãe, Alice, que desapareceu em misteriosas circunstâncias na sequência de um trágico acidente. A criança que era então não conservou lembranças dos acontecimentos, mas Jenna recusa-se a acreditar que a mãe a tivesse abandonado e relê constantemente os diários que ela escrevia com as observações da sua pesquisa sobre elefantes, tentando encontrar uma pista oculta. 


Desesperada por obter respostas, Jenna contrata dois improváveis ajudantes, uma médium famosa por encontrar pessoas desaparecidas e um detetive que já tinha estado envolvido na investigação do desaparecimento de Alice. E assim parte determinada a descobrir a verdade. 



Tempo de Partir foi nomeado para os Goodreads Choice Awards 2014 e considerado um dos melhores livros do ano pela Amazon.comO amor de uma mãe. Uma filha em busca da verdade. Um mistério que não dá tréguas.


Hoje chega a minha estação do ano preferida!


19 de março de 2018

Feliz Dia do Pai!


Os meus três filhos têm a sorte de ter um Grande Pai. Brincalhão, divertido, pai macaco e sempre pronto para a brincadeira, mas que também sabe ser sério e assertivo nas horas certas. É um pai que nunca se atrapalhou com fraldas nem banhos, que dá colo durante a noite, que sabe pôr ganchos no cabelo e escolher as roupas preferidas dos rapazes. É o pai que dá belos chutos na bola, que é um bom companheiro, que insiste que os filhos têm de comer a sopa e levantar o prato no fim da refeição. É um paizão para os nossos três filhos.
E eu amo-o ainda mais por isso. 

18 de março de 2018

Ementa SEmanal


Aqui fica  mais uma sugestão de receitas para esta semana, que é muito especial e começa logo com o Dia do Pai!

2ª Feira: Feijão encarnado, Salsichas frescas e couve lombarda
E Mousse de chocolate, a sobremesa preferida do Pai cá de casa – feita no Domingo para ganhar consistência!

3ª Feira: Lasanha de carne com salada mista

4ª feira: Enroladinhos de Porco com Bacon e Cebolinho, acompanha com arroz e esparregado


6ª feira: Almôndegas de Frango com puré de batata e bimis salteados
Sábado e Domingo
Nunca há nada preparado. E como entramos de férias da Páscoa, devemos ir passear!

Sou assumidamente pirosa!!!

Adoro ver os meus filhos com fatos de banho iguais!!


E já sonho com os dias de sol, calor e praia!!!



Mais um fim de semana sem televisão!

Confesso que quando eles se portam mal o meu "castigo" preferido é tirar-lhes a televisão... Nestes fins de semana de chuva, em que temos estado mais por casa, eles vidram na Playstation, que só pode ser ligada nesses dois dias, e nos desenhos animados e não ligam a mais nada... Depois, na gora de ir dormir, querem brincar com tudo... E depois não há tempo. E quando têm tempo, que é ao fim de semana, grudam na TV... Por isso, quando se portam mal acaba-se logo a televisão e eles brincaram! E é tão bom. Ontem eu e o filho mais velho montámos um carro a dínamo - sem instruções, diz ele orgulhoso, que já não as tínhamos- e eles jogaram Uno e brincaram com os primos que apareceram para passar a tarde... E quando não há televisão outras coisas acontecem, há menos barulho e menos discussão. 

O meu sobrinho... as crianças e as App's!

O meu sobrinho de 6 anos, ontem à tarde, para a minha cunhada: "mãe, desinstala a aplicação da catequese, estou farto e não quero ir mais!" E não há nenhuma aplicação, há mesmo catequese ao vivo e a cores, mas ele lá achou que para deixar de ir trata-se de desinstalar... 

16 de março de 2018

"Crónicas, Uma História Familiar"

Estreou ontem um pouco depois das 22 horas na RTP 2 e eu e o meu marido ficámos de imediato rendidos à qualidade da série. Vale a pena ver. Fez-me lembrar de uma série que também deu na RTP 2 no verão, "Amor em Berlim". Hoje dá o segundo episódio. Espreitem.


15 de março de 2018

"Conselhos para os meus três filhos" 💗💛💙


"Por cada voz que se levanta contra as vacinas, dá-se mais um passo atrás na erradicação de algumas doenças infecciosas, como o sarampo. Só no ano passado o número de casos aumentou 400% na Europa"

Bem sei que a liberdade individual é um valor que deve ser sempre prezado, mas quando a liberdade individual coloca em risco terceiros (os filhos) e toda uma comunidade, o caso muda de figura... Será que deveria haver vacinas obrigatórias? Também é obrigatório as crianças frequentarem a escola, mesmo que seja em ensino doméstico... "Um recente relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) classifica de "tragédia" o advento do sarampo - doença infecciosa contagiosa que estava praticamente erradicada, graças à vacinação inserida no plano da maioria dos países desenvolvidos.

"Morreu Berry Brazelton, o médico que revolucionou a pediatria"

"O Grande Livro da Criança" foi o primeiro livro que li sobre este tema quando fiquei grávida. Uma espécie de bíblia, que me foi recomendada pelo meu querido compadre, padrinho do filho mais velho. Dizia o meu compadre: "Ele não impinge nada, não diz como fazer, o que ele explica é que pelo que tem observado ao longo da carreira as coisas acontecem assim, assim ou assado..." 


Recorri a este e outros livros várias vezes, encantada sempre pela forma como Brazelton olhava as crianças e o seu desenvolvimento e educação. Morreu ontem aos 99 anos! Que vida cheia e que legado nos deixa!

14 de março de 2018

Um bom dia para ver ou rever este filme...

A Teoria de Tudo baseia-se no livro de memórias “Travelling to Infinity: My Life with Stephen,” de Jane Hawking. Eu, na altura, gostei muito do filme, dos poucos que conseguimos ver no cinema no ano passado.


O brilhante físico britânico Stephen Hawking morreu hoje, no Dia do Pi e no dia em que se celebra o nascimento de Albert Einstein.

Serei a única mãe a trocar o nome dos filhos todos?

Quero chamar um filho, chamo o outro... e às vezes ainda outro até acertar... Eles até se riem, gozam comigo quando chamo Kika ao Alexandre, Afonso à Kika, Kika ao Afonso, Afonso ao Alexandre, Alexandre ao Afonso... Às vezes até aparece um Kiko, que é quando vou chamar Kika a um dos rapazes e ainda tento corrigir o género... Enfim!!! 

13 de março de 2018

Em semana de avaliações...

Os fins de tarde são de filho único, 
a lanchar no nosso sítio do costume, 
enquanto fazemos a revisão da matéria.

Bem sei que não há regras e, tal como os famosos percentis, as horas de sono que cada criança deve dormir variam de criança para criança, nem todas têm as mesmas necessidades, mas há horas médias que devemos ter em conta... E o sono da Francisca preocupa-me... Ela continua a dormir tão mal à noite... Ainda esta noite dormiu das 21h30 à 1 da manhã e depois só voltou a dormir perto das 3h30 até às 7h30... Bem sei que depois dorme uma boa sesta na escolinha, mas as noites continuam a ser difíceis... Os irmãos dormem as horas necessárias, mas a minorca não... E, acima de tudo, o sono nocturno não é seguido...


NOVAS RECOMENDAÇÕES PARA AS HORAS DIÁRIAS DE SONO

Lactentes dos 4 aos 12 meses:
12 a 16 horas por 24 horas (incluindo sestas)

Crianças de 1 a 2 anos:
11 a 14 horas por 24 horas (incluindo sestas)
Crianças de 3 a 5 anos:
10 a 13 horas por 24 horas (incluindo sestas)

Crianças de 6 a 12 anos:
9 a 12 horas sono nocturno por 24 horas

Adolescentes de 13 a 18 anos:
8 a 10 horas sono nocturno por 24 horas



12 de março de 2018

Tudo preparado para começar o dia com mais calma!

Gosto de deixar tudo o que consigo preparado de véspera. É uma forma que encontrei para as manhãs serem um pouco mais calmas. Antecipar tudo o que consigo, mesmo sabendo que há sempre alterações de última hora de manhã... Já preparei as roupas dos filhotes, já escolhi a minha roupa, já deixei a mesa do pequeno almoço preparada e a mochila da escola do filho mais velho também está pronta, mesmo sem termos a certeza se a professora dele fará ou não greve. Ficou por preparar a mochila da natação, que já não tive tempo antes de os deitar. 


Ementa Semanal

Bom dia! Boa semana!!


2ª feira
3ª feira
4ª feira

5ª feira
Sábado e Domingo
Já sabem que por aqui ao fim de semana não há refeições planeadas, invento e aproveito sobras que ganham nova vida... 

Começar a semana a simplificar ❤️

Obrigada ao Clube do Autor por este pequeno, mas grande livro que é "um testemunho inspirador sobre a riqueza da simplicidade". Um livro com "Rituais e dicas práticas para descomplicar a vida"



"Brooke McAlary, sabe bem quanto vale cada um destes
momentos. Saboreia-os de forma consciente e intencional, dando-lhes mais significado, e
sobretudo, tempo. É bom viver devagar, desfrutando das pequenas coisas da vida, sem querer
fazer tudo ao mesmo tempo. Mas nem sempre foi assim. Após sofrer uma grave depressão pós-parto, Brooke teve de abrandar o ritmo. Dedicou-se ao
estudo das filosofias minimalistas e descobriu os benefícios de uma vida com menos coisas. Em
dois anos, retirou de casa 25 mil objetos, criou o blogue Slow Your Home e deu início a uma
nova forma de estar na vida. A sua transformação deu-lhe reconhecimento internacional e os
direitos de Simplificar estão vendidos em vários países.

Nesta obra, Brooke McAlary defende os benefícios de uma vida mais simples e com mais
significado. Segundo ela, antes de nos dedicarmos a arrumar objetos é preciso limpar a nossa
desordem mental. Através de dicas e exercícios curtos e transformadores, a autora ajuda-nos a
assumir o controlo dos nossos dias, a trabalhar a atenção plena, a recusar as pressões para a
perfeição e, acima de tudo, a desfrutar do momento e da vida que temos."

Atenção, pais!! Esta semana há greve de professores!!

Só agora, já perto da uma da manhã, vi que esta semana há greve de professores... Parece que em Lisboa é na terça feira (a greve vai ocorrer em dias distintos consoante a zona do país) e lá teremos de nos organizar: ou o filho grande segue com um de nós para o trabalho ou eu fico a trabalhar em casa e aproveito e faço com ele a revisão da matéria para os testes que vai ter no final da semana... 

Em modo cinéfilos!

Mais um grande filme. Brutal. Muito duro e real. Dramático e genuíno. Gostámos muito, este foi visto enroscados no sofá, mas nem deu para pestanejar. 


Já vimos mais filmes este ano de 2018 no que nos dois últimos anos juntos. Parece que à medida que a Kika crescem, e crescem também os irmãos, e vamos dormindo menos mal, lá nos vamos conseguindo aguentar acordados a ver um filme depois de os deitar, ou podemos pedir à minha mãe ou cunhada mais velha que fiquem com eles para irmos namorar ao cinema. Sentíamos tanta falta. Eu sentia muita falta de cinema e de ler à noite e, felizmente, estou a recuperar dois dos meus grandes prazeres. 

11 de março de 2018

Que filme maravilhoso!

Adorei o filme Lady Bird! O guiãoé fantástico, os diálogos são maravilhosos. É mesmo imperdível! Amei!! Ia com grandes expectativas e saí de lá de coração cheio!!



Fui buscar a bivó para lanchar

E encontrei o arco-íris! Adoro o arco-íris e peço sempre um desejo!❤️

9 de março de 2018

Da biblioteca cá para casa!!


Eu requisitei o livro "Ovelhinha dá-me lã" através da Rede de Bibliotecas de Lisboa e o meu filho mais velho requisitou o livro "Este livro comeu o meu cão" na biblioteca da escola. O que quer dizer que hoje temos duas histórias novas para ler à noite!

Não sou capaz de estar calada

Hoje de manhã tive de ir ao centro de Lisboa e apanhei o metro. Muita gente, chuva, chão molhado... o metro à pinha. Uma mãe com uma filha com uns dois anos ia com ela meia agachada no chão para não cair. Eu estava de pé ao lado delas e olho e vejo um bando de adolescentes bem sentados. Ainda por cima, em bancos prioritários. Se bem o pensei, melhor o fiz e pedi delicadamente às criaturas que se levantassem e dessem um lugar àquela mãe. Eu nem tinha percebido que eram estrangeiras. Mas lá perceberam o que eu estava a dizer em bom português. A verdade é que uma delas, bem envergonhada e corada, lá se levantou. E a senhora e a criança, também elas estrangeiras, sentaram-se. Fico impressionada com a falta de civismo. É incrível. E não consigo ficar calada. Um dia destes ainda apanho uma lambada, mas fico de consciência tranquila. E pude dedicar-me ao malabarismo de ler o meu livro em pé. Mas está numa fase tão, mas tão boa, que aproveito todos os segundos para o ler.

8 de março de 2018

Como é que é possível???


Que vergonha! Cá em casa o pai e os filhos são do Benfica, eu gosto do Sporting por causa do meu querido avô Zé e vou à Luz com eles porque os adoro ver felizes... A Kika será do clube que quiser, se quiser! Torcemos pela Selecção, temos amigos do FCP e do Real Madrid e do Barcelona! Acima de tudo, somos pela liberdade e pela diversidade! Este episódio fez-me lembrar um dia que levei o Afonso ao cinema ao Alvaláxia e ele, por acaso, estava equipado à Benfica... Nem quero imaginar a minha reacção se o tivessem impedido de entrar! Que falta de noção, que vergonha! Como é que é possível existirem pessoas assim? Como educamos os nossos filhos para a união, para a paz, para a boa convivência entre as diferenças, pelo respeito pelo outro se isto ainda acontece...? Ao que parece a mãe da menina em causa vai apresentar queixa contra Bruno Carvalho e esperemos que justiça seja feita!



A propósito da antestreia do filme A Idade da Pedra

Os meus filhos adoraram!! 

E não é todos os dias que vão ao cinema com o pai e a mãe, a meio da semana, com direito a jantar fora e tudo! O pior foi a chuva que apanhámos, ficámos uns pintos, completamente encharcados! Mas foi um óptimo programa. Obrigada ao Festival Mostra pelo convite e obrigada à minha cunhada mais velha, a melhor do mundo, que ficou com a Kika Patanisca para podermos ir os 4! 

8 de março 🌸


Infelizmente, nem todas as mulheres do mundo têm motivos para sorrir como as da ilustração... Muito já se fez pela valorização e dignificação da mulher, mas ainda há um longo caminho a percorrer...

Um abraço a todas as mulheres. Que nada impeça a minha Kika de seguir os seus sonhos só porque é mulher. Esta semana tive oportunidade de conhecer uma das primeiras mulheres paraquedistas portuguesas, uma das primeiras mulheres a entrar para a Força Aérea e a ir socorrer os nossos soldados na guerra do Ultramar. E que audácia, que mulher cheia de fibra, que mulher à frente no seu tempo...
Há quem não goste de receber flores no Dia da Mulher, eu gosto sempre de receber flores, e esta foi-me dada pelo meu filho mais velho, acompanhada com um beijo, à porta da escola... 
                             E logo vou falar com ele sobre o porquê da existência deste dia... 

7 de março de 2018

Hoje tivemos um convite muito especial!

Programa de pai e mãe com os filhos mais velhos para virmos à antestreia do filme A Idade da Pedra!!


É também a antestreia da 18ª edição do Festival Monstra!
Depois conto tudo!!



 Mas tem os ingredientes todos para ser um sucesso!

É falador como a mãe...

O meu filho mais velho andava para me contar uma coisa. E lá contou: tinha tido bola vermelha a comportamento na segunda feira. Explicou que se tinha virado imensas vezes para trás, mas que depois tinha percebido que se colocasse o livro ao colo, entre ele e a mesa, já não se virava... Depois perguntou: vou ficar de castigo, não vou? E eu disse-lhe que todos erramos e o mais importante é que quando erramos podemos aprender algo, mudar o comportamento... e foi o que ele fez, que teve bola verde no dia seguinte. Tinha um recado da professora a explicar a razão da bola vermelha e eu respondi. Gosto muito da professora e do método dela, e o meu filho também gosta, apesar disto das bolas de cor poder ser discutível. Porque não dei castigo? Porque o castigo já ele tinha tido, a bola vermelha a destoar no caderno, e porque ele tinha arranjado, sozinho, um truque que o ajuda a ficar virado para a frente... Qual é a criança que aos 8 anos acabados de fazer não tem um dia, ainda por cima segunda feira, mais agitado? Se ele tivesse sido mal educado ou respondido torto, a conversa era outra... 

Cursos de Sobrevivência Aquática

A Estela Florindo providencia Cursos de sobrevivência aquática para crianças dos 6 meses aos 6 anos de idade para prevenção de afogamentos. Deixo aqui as datas dos próximos cursos. Fiz com o Alexandre, era ele pequeno, mas não conseguimos terminar porque entretanto eu estava no fim da gravidez do Afonso e tivemos de interromper, mas mesmo assim foi impressionante de ver o que ele aprendeu... Não tivemos oportunidade de fazer com os restantes por causa dos horários e porque, de facto, ainda é muito caro. Mas quem puder, não hesite. Espetem o FB e falem com a Estela, que é fantástica.


6 de março de 2018

Programa de hora de almoço!!

Eu e as minhas três grandes amigas nestes dias de chuva!! Mais uma máquina e fazia 4 em linha!! 


Desde que usei pela primeira vez que fiquei fã deste serviço! 


5 de março de 2018

Mãe, contas-me uma história enquanto esperamos pela consulta?


Ontem, quando a Kika já não tinha febre descobri-lhe umas manchas no tronco! Hoje de manhã continuavam lá, mas nada de febre e boa disposição ao rubro como já estava ontem. Falámos com o pediatra que apesar de desconfiar o que seria, preferia observá-la. Confirmou-se o diagnóstico de exantema súbito que é uma doença viral febril comum e benigna. Dois a três dias de febre alta e depois as manchas, que passam em dois dias. Já não é contagioso, nesta fase, e já temos declaração do médico para amanhã se apresentar ao serviço na creche! O bom é que não é nada de grave, ela está super bem disposta e nem teve comichão ou mau estar! Mais uma virose para o currículo! E os pais de volta ao activo, se bem que hoje quem ficou em casa foi o pai, que eu não podia mesmo faltar! E que bem que estiveram os dois, no mimo bom. 

4 de março de 2018

Ementa Semanal

Mais uma vez, consegui publicar a ementa ainda ao Domingo. Espero que seja útil e vos dê boas ideias. Boa semana!!


2ª feira
Jantar: Tabuleiro de pernas de frango no forno com legumes (alho francês, tomate cereja, couve flor),  ervas aromáticas e batatas

3ª feira
Jantar: Bifes de perú no forno, receita daqui.

4ª feira
Jantar: Filetes de peixe no forno, receita daqui, com puré de batata e courgete

5ª feira
Jantar: Esparguete à bolonhesa com salada de alface e tomate

6ª feira: Arroz de pato

Sábado e Domingo
Já sabem que por aqui ao fim de semana não há refeições planeadas, invento e aproveito sobras que ganham nova vida... 

Adoro filmes inspirados em histórias reais

E adorei este filme que vi enroscada com o maridão no sofá no sábado à noite.



Na sexta, no cinema também vimos um filme inspirado numa história verídica. Gostei, mas não adorei.



Mas ir ao cinema continua a ser um dos meus programas favoritos! Desligo completamente e deixo-me levar pelas histórias. É tão bom. 


Quem tem 3 tem 6!!

E hoje convidámos um amigo/colega de escola do filhote mais velho e respectivos irmãos, um com 5 e outro com 10 anos para virem lanchar e brincar. E assim demos folga aos pais deles... no outro dia foram os nossos rapazes lá dormir a casa e hoje vieram cá eles passar a tarde. E tem sido uma animação. Só falta a Kika na fotografia, que está a dormir a sesta!



3 de março de 2018

O melhor sítio para se deitar

Hoje fiz uma máquina de roupa e segui para a lavandaria para secar. Fiquei fã deste serviço das lavandarias self service. Quando voltei e estava a arrumar a roupa no cesto a Kika aproveitou a roupa ainda quente para se deitar!