20 de janeiro de 2015

Eu, mãe desnaturada, me confesso parte 2

O pediatra não respondia ao meu email. Liguei-lhe. Não me atendeu. Passado duas horas voltei a ligar. E ele atende a rir: Então? Estas mães não trazem os filhos ao pediatra e depois esquecem-se de vacinar os filhos! E veja lá o livro dele, que também tem consultas em atraso. Eu ri, disfarcei... Ah, sabe como é? Ele tem estado bem... Mentira. Já teve doente, mas eu fui à urgência do Hospital de Santa Maria, ao centro de saúde e ao alergologista. Gosto imenso do pediatra dos meus filhos - amigo da família e pediatra de muitos de nós há muitos anos - mas as consultas são caras. E, na minha cabeça, ia lá uma vez por ano para a consulta do desenvolvimento e quando ele tem tosse ou alguma coisa vou a um serviço mais barato. Nas urgências e no centro de saúde não pago e no alergologista, na cuf, pago 15 euros. No pediatra largo logo 70 euros - depois recebo 40 do seguro - e confesso que ultimamente me tem custado e estava a guardar o pediatra para coisas mais específicas e para a grande consulta anual. Mas depois desta desanda já vou ligar amanhã para o consultório para marcar consulta. Vamos já esta semana. Entretanto, na sexta posso também fazer o reforço da vacina da Prevenar juntamente com as vacinas dos 18 meses. E prometo que vou andar mais atenta. Em fim de conversa, o pediatra ainda disse: e não sofra com isto. Se fosse o terceiro ou quarto filho era bem pior!! 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!