2 de fevereiro de 2015

Mais um filho...

Vejo um recém-nascido e derreto-me. Vejo uma grávida e derreto-me. Falo com as minhas duas amigas que estão grávidas e também quero. O meu marido ainda não está completamente convencido - ou melhor, ele quer tanto como eu mas ri-se sempre com um ar "onde é que nos vamos meter, vamos falar melhor... " Ele é mais racional que eu e tem medo de não darmos conta do recado, de não termos a paciência e disponibilidade necessárias - mas eu sei que estamos à altura do desafio. Sei que temos tudo para sermos bons pais de três. E desejo tanto isso para nós e para os nossos filhos. Uma família grande. Quando havia a enorme possibilidade de eu não poder voltar a ter filhos por causa da endometriose eu resolvi bem o assunto na minha cabeça e dei Graças pelos meus dois filhos maravilhosos. Mas agora que há essa possibilidade, agora que parece que é possível avançar para mais uma gravidez é o que eu mais quero. Mesmo sabendo dos riscos de aborto (até agora 3), dos riscos de uma gravidez de alto risco quero dar esse passo. E sei que se conseguirmos concretizar este desejo vai ser ainda mais maravilhoso.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!