5 de fevereiro de 2015

As idas ao supermercado com os filhos

Se for uma ida rápida para comprar uma ou duas coisas que faltam não há problema, desde que seja mesmo rápido e que eu avise logo que não podem pedir nada porque levo o dinheiro contado. Se for ao Lild e não estivermos em cima da hora das refeições deixo cada um deles comer um Donut's daqueles da zona do pão que eles adoram. Mas compras à séria. Compras para  a semana não faço com eles. Nem pensar. Deixo-os com o meu marido, geralmente Sábado depois de almoço, na sesta do Afonso e lá vou eu com a minha lista de compras. Eu gosto de os educar e educar passa também por levá-los a todo o lado e ensiná-los a comportarem-se e a obedecerem. E é por isso que os levo nestas idas super rápidas, mas massacrá-los com uma ou duas horas de supermercados cheios e filas é que não. Não é bom para eles nem é bom para mim. E lembrei-me deste post porque me falta pão e café (Estou furiosa com o Continente. Anunciam descontos no Nicola cápsulas, mas depois não há café à venda. E já fui a três supermercados diferentes em três dias diferentes). E estava aqui... Vou com eles ou ignoro o que falta? Como são só duas coisas vou decidir arriscar. Mas que o supermercado é uma tentação para as crianças, é. E até para nós... Apesar de eu ser muito respeitadora da minha lista é rara a vez que não trago uma ou outra coisa que não faz mesmo falta... E a única mãe que nunca mas nunca se zanga nas idas ao supermercado com os filhos é a mãe do Ruca!!!

http://www.wook.pt/ficha/ruca-vai-ao-supermercado/a/id/206267?a_aid=4ff2f60cd2629

2 comentários:

  1. Aqui por casa é igual...e mesmo as rápidas passam a ser demoradas, ainda por cima é sempre ao fim do dia! Confesso que a Mãe do Ruca me irrita um pouquinho...é tudo tão perfeito!

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!