17 de setembro de 2015

Para as mães de primeira viagem!!

Atenção. Não comprem tudo o que vos impingirem. Uma mãe de primeira viagem é um alvo fácil. Está feliz, radiante com a ideia de ser mãe e quer faezr tudo certo e não quer que nada falte ao seu filho. E as marcas sabem isso. E as lojas também. E vai daí tentam impingir muito mais do que aquilo que mãe e filho necessitam. Tenham calma, leiam, pesquisem, falem com amigas que já tiveram filhos. Não atravanquem a casa de coisas e não gastem o orçamento familiar todo em gadgets para o bebé. E mesmo que depis sintam falta vão sempre a tempo de ir comprando, aos poucos. Conheço bem o excitamento do primeiro filho, como queremos comprar tudo e ter tudo pronto... como se isso antecipasse a chegada do nosso bebé. mas não antecipa. A natureza está muito bem feita e dá-nos 9 meses para preparar o ninho e preparar a chegada do nosso bebé. E antes de comprarem este mundo e o outro vejam se não têm quem vos empreste a banheira, a cadeira da papa,  o sling, o marsúpio, a cama de grades, a espreguiçadeira, o isofix para o carro... São coisas que podem servir vários primos e filhos de amigos, e que desde que bem estimados estão bons para serem usados por várias crianças. Quem recebe poupa (e o jeitão que vai dar para vacinas fora do PNV, fraldas, cremes, pediatra e afins...), quem empresta agradece (porque liberta espaço!!!) e quem pediu emprestado fica feliz na hora de devolver e libertar espaço! E invistam num bom ovo, carrinho e cadeira para o carro, um bom colchão para o berço e para a cama de grades e coisas verdadeiramente importantes e que implicam segurança e bem estar.

1 comentário:

  1. Um excelente conselho para mães de qualquer viagem.
    Bjs

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!