26 de setembro de 2015

A todas as mães que estão a organizar o baptizado dos vossos filhos

A celebração do baptismo pode ser igualmente bonita e pessoal, com leituras e cânticos escolhidos por nós, mesmo sem ter missa completa. É uma questão da cerimónia ficar um pouco mais curta para poupar o bebé que está a ser batizado e todas as crianças que participam da festa. É a modesta opinião de quem já baptizou dois filhos e já esteve em muitos baptizados de sobrinhos e de filhos de amigos, e há cerimónias que são uma verdadeira tortura, principalmente para os mais velhos e para as crianças. Hoje, por exemplo, estive numa cerimónia muito bonita, numa igreja linda e tudo maravilhoso. Mas estava muito calor, a cerimónia começou meia hora atrasada e depois demorou uma hora e meia. Conclusão: duas horas dentro de uma igreja com crianças. A bebé que foi baptizada, e que chegou antes da hora como é normal, quando começou a missa já ela estava a chorar, impaciente, cansada e cheia de calor. Os meus filhos e outros miúdos tiveram de ir lá para fora brincar com os pais, porque há um tempo limite que eles aguentam... Até porque o momento do baptismo e o mais aguardado por eles, nunca mais chegava. Claro que há pessoas que fazem questão de que haja missa completa, mas eu fiz sempre sem missa e foram ambas cerimónias lindas, muito personalizadas e que não massacraram as crianças presentes, principalmente os bebés do dia.

2 comentários:

  1. Concordo Ctg. Já passei pelos 2 exemplos (apesar de a minha filha não ser batizada) e sem duvida que a forma curta é bastante mais simpática!

    ResponderEliminar
  2. Eu também optei por não ter missa completa :)

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!