28 de setembro de 2015

Consulta de cirurgia pediátrica

O pediatra do Afonso tinha referido na última consulta, no início do mês, que o Afonso teria de ser submetido a uma cirurgia por causa da pele da pilinha, que é muito fechada e que faz com que o xixi saia desordenado como uma mangueira de rega automática! Escolhemos um excelente cirurgião, o que nos pareceu mais adequado e experiente neste tipo de cirurgias e qual não foi o nosso alívio quando ele hoje nos disse que o Afonso não precisa de cirurgia. A pele está muito apertada - o que faz a direcção daqueles xixis não serem tão controlados - mas acontece, e não há mal nenhum. Com o tempo e com a testosterona a pele vai acabar por alargar e soltar. Nada de puxar nem de intervir com o processo da natureza. O risco de infecção, ao contrário do que nos tinha sido dito, é pequeno porque a pele é tão apertada que não entra nada. Claro que se houver alguma alteração para o procurarmos, mas se não existir nenhuma infecção ou outro problema o mais pprovável é aos 6 anos, mais coisa menos coisa, com o aumento da testosterona a pilinha ficar como deve ser. Ele diz que há uma grande ânsia dos pediatras que assim que se deparam com este tipo de pilinhas, em que a pele está muito apertada, sugerem logo a cirurgia, mas este cirurgião, muito experiente ao nível da Estefânia, é da opinião que é preciso calma e deixar a natureza seguir o curso dela, que se não interferirmos muito em casos como o do Afonso a coisa vai ao sítio sozinha. Para já, é para fazer o que fizemos até aqui. Ou seja, nada!!! Não mexer, não puxar, nada. Se observarmos algo diferente para o contactarmos, caso contrário está tudo bem e é deixá-lo crescer. Já se sabe que cada cabeça sua setença, mas ficámos muito satisfeitos com a opinião deste especialista. Claro que seria uma operação simples, mas era uma operação com anestesia geral. E se não é necessária, passamos! Foram óptimas notícias!

1 comentário:

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!