22 de setembro de 2015

Eu arrumei os ténis de corrida, mas continuo a correr mesmo barriguda

É verdade. Os dias parecem-me curtos para tudo o que tenho e quero fazer. Entre o trabalho, as reuniões de escola de início de ano lectivo, as ecografias da Francisca, análises à grávida, consultas de rotina com os meus filhos - e umas não tão de rotina como a que vamos ter na semana que vem com o cirurgião pediátrico, como contei aqui - sinto que apesar de ter deixado as corridas quando descobri que estava grávida continuo a correr o dia todo. Os dias são uma loucura, uma agitação! Eu adoro este frenesim. Ontem estava numa situação em que me foi perguntado como é que eu fazia, agora que tinha de me proteger um bocadinho e tinha algumas limitações... E eu ri-me. Tenho a sorte de estar a ter uma gravidez abençoada (na do Afonso estive em repouso os primeiros 4 meses e meio) e de me sentir cheia de energia. E faço tudo o que fazia antes de estar grávida. E tenho dois filhos cheios de power que precisam de mim. E eu preciso de correr para chegar a tudo e a todos. Felizmente tenho ajuda em casa e não tenho que me preocupar com o trabalho doméstico, basta-me geri-lo e fazer as compras do supermercado. Sempre sonhei ter uma casa grande e uma vida agitada e bem preenchida. E tenho. E tenho a família com que sempre sonhei. E gosto do meu trabalho e de conciliar tudo. Mas depois de tudo feito e miúdos a dormir, sento-me no sofá para ver uma série com o meu marido, que dos filmes já desisti há muito porque demoro duas semanas para os ver, e nem uma série consigo ver, de tão cansada que estou. Mas depois ferro no sono e acordo novamente cheia de energia para mais um dia!

2 comentários:

  1. Pareces eu! Lol! Só não tenho tantos filhos nem a tua barriguinha... As saudades dos filmes... Ai..

    ResponderEliminar
  2. Eu não estou grávida e sinto-me com muito menos energia :) e filmes, quais filmes, ontem adormeci a meio de um episódio de uma série LOL
    Bjs e tudo a correr bem com as consultas no cirurgião.
    bjs

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!