10 de setembro de 2015

"Empresas que despeçam grávidas ilegalmente ficam sem subsídios"

Esta medida é um passo importante na defesa dos direitos das grávidas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!