31 de março de 2015

O meu amor mais pequenino


Não sei o que se passa com o meu pequenino. Ontem quando cheguei à escola correu para mim e choramingou. Nunca tinha acontecido. As auxiliares da sala vieram-me dizer que ele esteve muito carente o dia todo, não brincava e só queria estar no colo, agarrado. Acordou a chorar na sesta e esteve triste o dia todo. O meu coração ficou pequenino. Abracei-o. Tentei perceber por palavras alguma coisa, mas ele limitava-se a fazer um beicinho triste. À noite, mais uma vez, veio para a nossa cama depois de acordar a chorar sem parar, e mesmo a dormir entre nós (e do mano que também apareceu, pelo que hoje tivemos lotação esgotada), acordou duas ou três vezes assustado e a chorar e a precisar de se sentir bem abraçado. Não estou a perceber e não sei o que é isto, não houve mudanças nem alterações, em casa está tudo perfeito...  

3 comentários:

  1. É uma angústia não saber o que se passa... Serão medos?

    ResponderEliminar
  2. Eu acho que sim, e coincidiu com a fase em que ele começou a falar tudo... Vou pesquisar para ver se há alguma relação... Bjs

    ResponderEliminar
  3. Ás vezes, nós também não sabemos bem porque é que nos sentimos tristes ou inseguras...Pensamos que as crianças estão sempre felizes, mas não é verdade!! Ele precisa de miminhos e de se sentir seguro, rapidamente passará!!
    É apenas a minha opinião...

    Beijinhos

    Carmen Caeiro

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!