24 de março de 2015

A hora de lavar os dentes

A propósito desta notícia. O meu filho mais velho se quiser já lava e bem os dentes sozinho. Eu já não lhe lavo os dentes, mas muitas vezes tenho de o policiar para garantir que os dentes ficaram bem lavados. Duas escovagens: uma de manhã depois do pequeno almoço e outra à noite antes de dormir. E ele cumpre. Claro que há dias em que está mais asneirento e foge pela casa a lavar os dentes, mas regra geral ficam bem lavados. E isso foi confirmado na primeira consulta do dentista, aos quatro anos. Já o filho pequeno nem por isso. Adora lavar os dentes, houve uma altura em que nos deixava lavar-lhe muito bem os dentes, mas agora não. Lava-os mal e não nos deixa intervir. O que eu faço muitas vezes é que vou buscar a dedeira de silicone (que é o que eu uso antes deles passarem para a escova de dentes) e aí ele delira e começa a festa. 


Ele deixa-me lavar os dentes com o intuito de me apanhar o dedo e morder. E se eu deixo escapar um auh!! (ele magoa mesmo) é que está tudo perdido. Ele ri e morde com mais força, o malandro! Mas se eu digo: não doeu, o Afonso não comeu a sopa e por isso não tem força ele perde o interesse em morder. E eu lavo-lhe bem os dentes, mas arrisando sempre mais uma ou outra dentada! Seguida de uma gargalhada!

1 comentário:

  1. A minha miúda andava assim a fugir de mim enquanto comia pasta dos dentes. Então comecei a senta-la em frente ao espelho em cima do lavatório enquanto lava os dentes e a dizer: agora os de cima, agora atrás, ora mostra lá, e vou ajudando. Como está distraida por estar ao espelho já deixa no final ser eu a dar uma escovagem de jeito!

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!