4 de março de 2015

Birra de mãe

Dormi mal - acabei a dormir na cama do mais velho com o mais pequeno, cheia de calor e ansiosa com uma questão de trabalho. Resultado: acordei impossível e descarreguei nos meus filhos o mau humor matinal. Caí em mim, quando o mais velho me diz: eu estava a dar o meu melhor (lavar cara e dentes sozinhos) e tu ralhaste comigo. Apeteceu esbofetear-me! Tinha sido a mãe que não quero ser. Ainda fui a tempo de pedir desculpa, de explicar porque é que estava nervosa e stressada (e a querer chegar mais cedo ao trabalho) e de darmos muitos beijos e abraços. Mas a sensação de culpa não desapareceu. Sinto o peito pesado porque sei que não fui a mãe que os meus filhotes merecem.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!