2 de março de 2015

A falta de civismo de alguns condutores

Desde que o meu filho mais velho recebeu a bicicleta nova que sempre que pode anda de bicicleta nas nossas voltas diárias aqui perto de casa. Ele anda sempre com cuidado e atenção aos peões, às saídas das garagens e nunca se afasta. É super responsável e cuidadoso. Onde temos mais cuidado é a atravessar a estrada, nas passadeiras. Hoje ao fim do dia fomos ao parque e dar umas voltas que eu precisava e ao atravessar-mos uma passadeira, com todo o cuidado e comigo fazendo sinais aos carros, houve um taxista e um outro senhor, ou direi selvagem, que nos ignorou! Ignoraram uma mãe com um carrinho de bebé e uma criança pequena de bicicleta a atravessarem a estrada, numa passadeira, com cuidado. O taxista ainda fez um pedido de desculpas (de mau pagador com a mão) mas o outro senhor foi em frente. Aproveitei a situação para, mais uma vez, alertar o meu filho mais velho para os perigos de andar na estrada, de atravessarmos ruas, dos cuidados que temos de ter mesmo estando numa passadeira, dos condutores que não respeitam nada nem ninguém e de como temos de ser nós a ter cuidados redobrados. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!