13 de março de 2015

Começo hoje a correr...

... E também tenho de fechar a boca. Engordei imenso no último mês à conta da minha boca,  da comida deliciosa da minha empregada, da comida gordurosa do refeitório da produtora onde trabalho, do sedentarismo, de ter deixado de fumar e de tomar a pílula em contínuo, sem um único dia de descanso. Ontem ao fim da tarde fui com os meus filhos dar um passeio para o mais velho ir andar de bicicleta. A certa altura, vejo-o parado à frente do Vivafit a falar com uma senhora. Dizia-lhe que eu já não andava ali por falta de tempo. Eu cheguei. Seguimos viagem. E ele diz: mãe, tens de voltar para a maçã para ficares magra. Não gosto de ti gorda. Desculpa dizer-te isto, mas gosto quando está magrinha... E eu disse que ele não precisava de pedir desculpa. E que também queria emagrecer. (Mas a verdade é que tenho imensa dificuldade em emagrecer e há alturas em que se conjugam imensos factores que fazem com que eu coma e engorde. Já devo ter passado os 60kg. Tenho 1,60m.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!