10 de novembro de 2015

A começar a tratar dos presentes de natal


Com uma fatia de bolo rei com frutos secos e um café dei início à preparação das compras de Natal para a família e amigos mais chegados. Não quero deixar para depois a compra de presentes, não me quero precipitar nem andar a correr feita maluca. Por isso, fui recuperar o excel dos outros anos para o adaptar para este ano e acrescentar os dois bebés que nasceram, um deles o meu afilhado, para os juntar à lista de presentes. No meu excel, que tenho no google drive para partilhar com o meu marido para ele estar a par do que está comprado e do que falta, tenho a lista de pessoas (São 35), o presente comprado e o valor do mesmo, para no final saber quanto gastei. E esta lista está junta com as que fiz nos últimos anos, e assim evito dar presentes repetidos. É muita gente, muito presente, e quase já não damos presentes a adultos, porque se desse a todos os meus cunhados teríamos de acrescentar mais 12 presentes à lista. Nós, do lado do meu marido, fazemos um sorteio de irmãos/cunhados e cada um compra apenas um presente. Se sai o marido ou a mulher trocamos, porque a ideia é que o presente seja dos irmãos/ cunhados todos! Eu adoro o Natal e adoro comprar presentes com calma, escolhendo opções não muito caras, mas que tenham qualidade e, acima de tudo, que roubem um sorriso a quem recebe. Para facilitar as compras para os sobrinhos pedimos aos respectivos pais e mães para darem umas pistas do que eles querem mesmo ou faz falta para o Pai Natal acertar em cheio!! Uma coisa já aprendi com os anos, é que se deixamos as compras para a última da hora gastamos muito mais dinheiro porque já não há tempo para ver com calma, para escolher, para comparar preços... 

1 comentário:

  1. A ideia do excell é boa, especialmente na hora de não repetirmos prendas.
    Bjs

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!