16 de novembro de 2015

A adaptação do Afonso à cama nova

Desde Sábado que o Afonso e o irmão partilham a mesma cama. O Alexandre no andar de cima e o Afonso no gavetão. Foi o adeus à cama de grades que foi para a arrecadação até a Francisca precisar dela. Os manos estão a adorar as camas novas, mas o Afonso dorme agitado, perde a chucha que cai da cama e vai parar longe, atravessa-se, a cabeça começa a sair pela frente da cama, descaindo com a almofada... Eu acho que ele se sente meio perdido na cama nova, as grades davam-lhe uma sensação de protecção e acho que ele precisa de uns dias para se adaptar à nova cama. A coisa boa é que ele já não rejeita o pai quando é ele que o vai lá buscar a meio da noite ou quando lhe vai procurar a chucha!! O engraçado é que ele ainda não deve ter percebido que pode sair sozinho da cama, porque chama sempre por nós! Vamos ver como corre a noite de hoje. Para já, ouço-o tossir... Estamos todos com tosse e eu até estou rouca e prestes a ficar sem voz... É o frio a chegar!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!