14 de outubro de 2015

Se não é um filho é outro...

Mas é rara a manhã em que acordamos só eu e o meu marido na cama. Ou é um pesadelo, ou um despertar muito cedo que faz com que eu convide a mais uns minutos na cama dos pais, ou um xixi que não foi a tempo... Comprámos há uns anos uma cama grande, de 160x202, que adoro, mas dizia no outro dia o meu marido, quando tivemos uma invasão dupla: se soubesse ainda tinha comprado uma cama maior!

1 comentário:

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!