29 de dezembro de 2014

Da idade dos porquês à idade do como

Na hora do mimo, depois do livro e dos beijos de boa noite, o meu filho mais velho bombardeou-me com várias perguntas seguidas: como é que apareceu a televisão? Como é que apareceu o mundo? e as pessoas? Como é que inventaram as roupas? Como é que se fazem as naves? Como é que fizeram os robots? E eu lá fui respondendo, como sabia (e desejando ter ali o google...)... E ele ia interagindo. E se há uns tempos o Continente para ele era um hipermercado onde disse-me que eram as peças que formavam o mundo, tinha aprendido na peça de teatro Um Tesouro do Tamanho do Mundo que ele foi ver com a escola. Para já, vou pedir a uma cunhada minha que empreste as mini enciclopédias Larousse que demos ao nosso sobrinho quando ele era assim pequenino para começarmos no jogo das perguntas e da descoberta.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!