20 de dezembro de 2014

Como os filhos crescem

Ontem estávamos a vir da festa de Natal da escola- que foi maravilhosa:))))- quando um dos meus cunhados liga a dizer que ia com a filha mais nova (8 anos), com uma sobrinha nossa (5 anos) jantar a uma Pizzaria e se o meu filho mais velho queira ir. Claro que sim, disse logo ele do banco de trás. Foi radiante. "Vai ser super divertido!!". Quando o meu cunhado o trouxe depois do jantar, o drama: a prima Matilde ia dormir a casa dos tios e ele também queria ir. Deixei. E lá foi radiante. Um colchão improvisado no chão e dois sacos camas foram o melhor da noite! Com o excitamento acordaram às 5 da manhã e foram para a sala, enrolados em mantas, ver desenhos animados e comer bolachas!! E ele estava radiante. "Oh, mãe, hoje arranjas-me um saco para eu dormir??" E eles vão crescendo, vão começando a ganhar asas, começam a dormir na avó, depois nos padrinhos, nos tios... E já me pediu para o melhor amigo cá dormir. E o melhor amigo também já pediu à mãe dele para o meu lá ir dormir. E é giro vê-los crescer... É saudável. E lembro-me de quando era pequena. Adorava ter amigas a dormir lá em casa, a irem connosco de férias... Tão bom!!! São momentos e vivências que ficam para a vida!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!