23 de dezembro de 2014

Assalto à árvore de Natal

Ontem à noite, depois de deitar os miúdos, transformei-me em assistente do Pai Natal e embrulhei todos os presentes que tinha escondidos no armário do hall. Perto da uma da manhã acabei a tarefa. Estava linda e bem composta a nossa árvore! Hoje de manhã sou acordada pelo mais velho: mãe, mãe! O Pai Natal já cá veio deixar os presentes! O entusiasmo e o excitamento era grande! Queria começar já a abrir os presentes, mesmo sabendo que teria de esperar pela noite de amanhã para o fazer. Começou a andar de roda dos embrulhos, lendo o nome dele e do mano nas etiquetas. Entretanto o mais pequeno acordou e eu fui preparar o biberão. A certa altura ouço: os Invizimals!!! Corro à sala e estava o mais velho radiante com um presente dos Invizimals na mão e o pequeno, sentado, também a abrir um presente devidamente identificado com o nome dele! Claro que tivemos uma pequena conversa com ele e fizemo-lo ver que tinha agido mal. E eu bem esperei até ontem para por os presentes na árvore para evitar tentações, mas mesmo assim, estas horas que faltam não vão ser fácies.... Ainda por cima, amanhã, vou estar sozinha com eles o dia todo e vou ter de preparar o jantar de consoada... A ver se quando tiver tudo pronto, não tenho os presentes todos abertos.

3 comentários:

  1. Nós não colocamos os presentes na árvore! Havia de ser bonito!!! Acontecia logo o mesmo que aí. Após o jantar vamos buscar os presentes e distribui-se. Assim não há tentações! :P
    Feliz Natal!!!

    ResponderEliminar
  2. Por aqui os presentes só aparecem na noite de 24.
    De manhã é uma animação a ver os presentes que apareceram na árvore!
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar
  3. Este ano, pela primeira vez, ainda tenho a árvore de natal despida de prendas. Só irão aparecer amanhã à noite. E ainda tenho de pensar como é que faço com as prendas que os meus pais vão trazer... se as coloco na árvore, ou se as escondo ao pé das outras até à hora de abri-las.

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!