20 de março de 2014

"Tem calma no coração"

De há uns dias para cá, quando me enervo ou a voz sobe um pouco mais, ouço o pirralho de 4 anos dizer: mãe, tem calma no coração. 

Perguntei-lhe se tinha sido a educadora a ensinar-lhe aquela frase e ele responde que não. Fui eu que inventei da minha cabeça!

E não é que funciona? Ouço aquelas palavras e respiro fundo. Olhamos um para o outro com calma e conversamos. Já lhe disse que para eu conseguir ter calma no coração ele tem que se portar bem e não pode estar sempre a desobedecer, mas que eu tentarei sempre ter calma no coração.

1 comentário:

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!