11 de março de 2014

A separação dos pais

Ao jantar eu e o maridão a comentarmos um primo meu que se separou.
Filho mais velho: Eles tinham casado!
Mãe: Sim, tinham, mas separaram-se.
Filho: (Apavorado) Mas porquê?!
Mãe: Decidiram que já não queriam viver na mesma casa, mas continuam amigows.
Filho: (agarra a minha mão) Vocês nunca se vão separar, pois não? Não se podem separar e perder os vossos filhos!
Lá lhe expliquei que os pais quando se separam não perdem os filhos, mas ele, sempre de mão dada e olhos muito vivos, disse novamente: não se separem nunca! E ontem adormeceu com o mimo da mãe e do pai e com o nosso grande desejo de nos mantermos sempre juntos e casados. De tal forma que hoje sonhei que eu e o maridão tínhamos voltado a casar, desta vez pela Igreja.

1 comentário:

  1. A minha mais nova também tem pavor disso.

    Tem um dia feliz

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!