24 de março de 2014

Ainda de molho

O Afonso está a melhorar, mas ainda não está bom. O antibiótico faz efeito, mas traz também diarreias. A dor de ouvidos e dos dentes a romperem traz dificuldades em dormir e muita resmunguice. As feridas na garganta fazem com que ainda não tenha recuperado o apetite. Dorme mal. E eu também. Temos os dois sono. Ele não consegue dormir e não me deixa dormir. Estamos os dois mais rabugentos, cada um à sua maneira. Mas esperemos que amanhã já esteja melhor. A febre, essa, não tem voltado a aparecer. Já é um aspecto positivo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!