8 de janeiro de 2016

Vou doar as células estaminais da Francisca para investigação

Como, lamentavelmente, a Lusocord, o Banco Público de Criopreservação de células estaminais não está a funcionar em Lisboa, decidimos doar as células da Francisca a uma empresa privada de criopreservação de modo a que estas sejam usadas para investigação. Pareceu-nos melhor que desaproveitar por completo estas células, tão ricas e com tanto potencial ainda por descobrir! 

2 comentários:

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!