17 de janeiro de 2016

A Francisca não teve alta...#3

Eu e a Francisca continuamos no hospital para que a Francisca possa continuar com as sessões de fototerapia. À medida que os dias passam vou começando a perceber melhor a situação clínica da Francisca. Não se trata de uma simples icterícia, muito comum nos recém nascidos, mas de uma incompatibilidade sanguínea Bo ( de início tinha escrito rh, mas não estava correcto) entre o meu tipo de sangue e o dela, que originou a destruição de uma parte, felizmente não muito elevada, dos glóbulos vermelhos da Francisca. Não vou fazer um post médico sobre o assunto, estou apenas a tentar queimar o tempo que estou longe da minha filha, que está na neonatologia e onde eu vou sempre que a quero ver e para lhe dar de mamar de 3 em 3 horas. Estamos a conseguir que ela mame, mas tem sempre que fazer suplemento extra para garantir que fica atestada durante 3 horas para não interromper os ciclos de fototerapia, que são fundamentais para a recuperação dela mas que ao mesmo tempo a fazem desidratar e perder peso... Hoje voltou a perder peso, sendo que ainda está longe do peso com que nasceu. Para garantir um tratamento mais eficaz hoje nem vem dormir comigo ao quarto, ficando no solário em modo continuo até amanhã de manhã ser reavaliada pelo pediatra de serviço, que a observará e pedirá análises para ver os valores da bilirrubina. Por aqui, continuo a aguardar e com todo o pensamento positivo para a minha filhota❤️ E o importante é que ela vai ficar bem e não terá consequências a longo prazo.

4 comentários:

  1. Coração de mãe não tem mesmo pausa.
    Tudo a correr bem com a pequenina Francisca e que em breve as duas tenham alta.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. As melhoras da Francisca, deve custar tanto não poder levar para casa, mas o mais importante é mesmo a saúde! O meu sangue é negativo e da ultima gravidez levei o factor às 28 semanas, apesar do pai também ser negativo e claro, o filho ter nascido com rh-.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou ORH positivo e não há nada que eu possa levar, mas felizmente tudo corre um bem.

      Eliminar
  3. a sentir a falta deste blog! Espero que esteja tudo a correr bem e já estejam em casa:-)

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!