28 de abril de 2015

Dormi que nem uma pedra!

Ao acordar...
Eu: Bom dia. Hoje a noite foi seguida. (que é como quem diz: os miúdos não acordaram)
Marido: Não.
Eu: Não?
Marido: O Afonso chamou por ti... 3 vezes. Eu fui lá.
Obrigadaaaaaa.

Dizem que as mães nunca mais dormem com os ouvidos fechados, mas para mim isso é um mito. Há noites em que o meu cansaço e tal que é como se caísse num coma profundo. Hoje foram quase 9 horas. Mas ainda estava em modo de recuperação do fim-de-semana que tive.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!