21 de abril de 2015

Co-slepping vezes dois!

Estão a ver a imagem?

Agora coloquem lá outra criança e imaginem as nossas duas últimas noites! O mais velho aparece de surra, do meu lado, deita-se, enrosca-se e eu não dou por nada... Só quando o mais pequeno acorda a chorar é que eu e o meu marido percebemos que temos lá mais um inquilino. E como o mais pequeno, ultimamente quando acorda a meio da noite já só quer colo e mimo, acaba na nossa cama... E eu e o meu marido acordamos tortos, torcidos, com os braços dormentos, mas cheios de beijos e festinhas...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!