16 de dezembro de 2013

O melhor do meu dia

Fui buscar os meus filhos às cinco da tarde. Vim para casa, dei-lhes um jantar cedo, e fomos para a Feira Popular ter com uma amiga e os seus dois filhos. A feira é pobre, muito fraca e até um bocado deprimente, mas os miúdos divertiram-se e isso é que importa. Quando lá chegámos o meu filho viu aqueles equipamentos de diversão todos e disse: isto deve ter dado muito trabalho a montar! O Afonso olhava as luzes com os olhos bem arregalados! Os dois mais velhos, o meu e o da minha amiga que é exactamente da idade do meu, escolheram duas diversões para andar e gostaram muito. (Isto depois de termos estado 10 minutos a tentar comprar bilhetes para uma delas e quando veio o senhor, e o meu marido o questionou, ele respondeu mal humorado: tinha de ir jantar, não é?) Depois e já com os maridos presentes fomos comer a melhor (para mim, claro) francesinha de Lisboa num restaurante ali perto. Os miúdos portaram-se lindamente, os meus voltaram a jantar, e nós pusemos a conversa em dia. Uma mesa muito animada! Deitei-os exaustos, depois de uma bela banhoca, perto da onze e adormeceram logo. O Afonso estava tão encantado com o passeio nocturno que nem pestanejou o tempo todo e só adormeceu, já em casa, depois de meio biberão. E ele que costuma dormir por volta das 19h! Dei-lhes o beijo de boa noite e disse que só desejava vê-los de manhã! Aos dois! Será que é hoje que o Afonso dorme outra noite seguida? Gostava tanto!! 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!