23 de dezembro de 2013

Ir comprar presentes de Natal com as crianças!

Hoje de manhã enroscada com o baby a ver o "Bom dia Portugal" da RTP fiquei impressionada com a reportagem sobre a loucura das compras de natal de última hora e mais impressionada fiquei ao ver crianças, na loucura de um supermercado à noite, a escolherem os seus presentes! "... Ah, ele já se encantou com esse, tenho de o comprar" foi mais ou menos o que uma das mães disse. Não estou aqui para julgar ninguém, mas confesso que me perturba um bocadinho esta loucura em que o Natal se tornou. Ah, e tal, não temos com quem os deixar... Mas se está lá o pai e a mãe e, muitas vezes a avó da criança, não seria melhor ficar alguém em casa com os miúdos e não os deixar perder a magia da época e do natal? Se para um adulto eu já acho uma insanidade um centro de comercial em vésperas de natal para uma criança nem se fala! As pessoas quase que se batem pela última caixa de Lego da prateleira "... nesta fase, já qualquer coisa serve!" disse outra senhora... Cada um sabe de si, mas eu tive pena daquelas crianças que vão sempre associar o Natal a um centro comercial com toda a gente a morrer de calor, a correr atrás do último presente e a fazerem birras por mais um boneco enquanto desesperam nas filas!!

4 comentários:

  1. Concordo completamente!!! Também me custa entender como é que se destrói assim uma época supostamente "mágica"...
    O meu filhote mais velho (com 9 anos) ainda acredita no Pai Natal - embora faça questão de frisar que tem muitas dúvidas, fico tão "aconchegada" com a sua expetativa...

    Um Feliz Natal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comentário. Desejo-vos um Feliz Natal cheio de magia e sonhos! Um beijinho

      Eliminar
  2. Sem duvida! Nós mesmo sem crianças já lá não vamos há uns tempos!! Feliz Natal cheio de coisas boas! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. É verdade, não sei que significado poderá existir nas cabeças das crianças, e depois queixam-se que as crianças são consumistas e não ligam a mais nada... Faz-me mesmo confusão.

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!