30 de janeiro de 2014

A lata do mais velho

Ao deitar:
Eu: A mãe está com dores de barriga e estou cansada para contar uma história de boca.
Filho: Paciência! Contas na mesma, boa?
Mãe: Não. Hoje contas tu uma história à mãe.
Filho: As mães é que contam histórias. E quero uma com uma família de dragões igual à nossa, está bem?

E foi assim. E lá inventei uma história de dragões! Ele não dispensa a sua história nocturna! E eu também não, mesmo quando às vezes me custa a começar, depois adoro aquele momento só nosso!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!