24 de maio de 2016

O primeiro encontro com a terapeuta da fala

O relatório da terapeuta será entregue numa reunião connosco e com a educadora, mas o que me deixou feliz foi este primeiro encontro entre eles ter corrido muito bem. O meu filho colaborou em todas as actividades, fez os puzzles e esteve super bem. Ao início a educadora esteve presente e depois perguntou-lhe se podia voltar para a sala enquanto ele fazia jogos com a Rita e ele disse que sim. Quando o fui buscar à escola (fui sozinha para um momento filho único no carro) perguntei se ele tinha feito jogos na salinha da biblioteca e ele disse que sim: fiz um comboio! e  a Rita é amiga minha! Eu disse-lhe que a Rita também tinha gostado muito dele e que se calhar iam voltar a fazer jogos juntos e ele ficou todo entusiasmado. E eu com o coração mais tranquilo porque se ele precisar mesmo de terapia da fala vai ter alguém competente e que ganhou a simpatia dele para o ajudar. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!