23 de maio de 2016

Diálogo maravilhoso nos bancos de trás do carro

A caminho da escola dos meus rapazes, ainda com a C., que ia conhecer a escola dos amigos. Lá atrás de tudo, na terceira fileira de bancos (tenho uma monovolume 7 lugares) ouço a C.: Alexandre, tu queres namorar comigo? O meu filho diz-me: mãe, não podes ouvir isto! E depois, olhando para trás, diz: ainda não pode ser. És muito nova. Só quando tiveres 17 anos. E diz a C., pouco convencida: mas tu tens namorada? O meu filho diz que não e ela continua: eu também não tenho namorado. Por isso, podemos ser namorados. E diz o meu filho: só quando tiveres 17 anos. E ela continua: mas não gostas de mim? E ele diz: gosto muito. Mas só quando tiveres 17 anos. Ela diz: ainda falta muito. Ele responde: pois falta. Mas tem de ser assim. (O pai da C. vai gostar de saber das boas intenções do meu filho! E logo ele que é todo namoradeiro!!)

2 comentários:

  1. Ufa, uma manhã já passou!! Cansativo mas compensatório!

    Boa semana :)

    ResponderEliminar
  2. Que giro! Eles são tão amorosos e inocentes nestas idades!

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!