23 de março de 2017

Das coisas que uma mãe ouve!

No ginásio, mãe falando dos seus filhos. Diz-me uma, elogiando o seu filho que começou a andar aos 11 meses: A sua filha ainda não anda com 14 meses?! Está atrasada... Já vai andar tarde. Mas aposto que como ainda não anda já fala tudo! E eu disse que sim, fala tudo, tudinho!! (Se contarmos com o pá, dá, mãe, ão, pai...)

3 comentários:

  1. Já não tenho paciencia para estas conversas. cada um anda quando tem que andar. O manel tem 13 meses e meio e ainda não anda, leia-se: anda de lado agarrado ao sofá, a moveis, ás camas, … mas isso para mim não é andar. Andar é andar sozinho, sem mãos, equilibrado e sem se apoiar em lado nenhum, e esse andar o meu manel ainda não anda. Olha vai andar tarde, e eu ralada! Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Os meus filhos começaram a andar aos 15 e 16 meses. Sem apoio. E por cada uma que me dizia que era tarde, eu respondia 'quanto mais tarde, melhor! Acaba-se o meu sossego!'

    ResponderEliminar
  3. Primeiro foram os dentes. Depois o andar. E depois o falar. É difícil as pessoas perceberem que cada criança tem o seu tempo e merece o devido respeito. Tirando casos em que há um evidente problema, tudo o resto é uma questão de tempo. Por cá, o primeiro dente nasceu a cinco dias de fazer um ano. Começou a andar aos 16 meses e sem qualquer interesse pelo gatinhar anteriormente. Falar, vai falando a sua língua. Para algumas pessoas é um grande problema. Ainda por cima quando é o irmão mais novo de uma precoce a todos os níveis... Para mim, ele acha que tem tempo para descobrir o mundo e fá-lo "nas calmas"!!! A sua patanisca é feliz e descobre o mundo ao seu ritmo...

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!