18 de junho de 2014

Um acordar diferente*



Como já vos contei de há uns meses para cá o filhote mais velho vai sempre para a nossa cama a meio da noite. Não gosto do princípio, mas já assumi que é uma fase e que em breve passará. Até porque a maioria das vezes só me apercebo quando fico sem almofada, entalada no meio da cama, ou quando levo um pontapé e estou demasiado ensonada para reagir. Tentei algumas vezes levá-lo de volta para a cama, mas passado minutos ou horas (sei lá) já lá está outra vez. Habituámo-nos a tê-lo ali, sabendo que é uma fase passageira. Hoje, ao acordar, procurei-o na cama e ele não estava lá. Foi estranho. Claro que dormimos muito melhor sem os atropelos e os empurrões do filhote e espero que seja um sinal que a fase da cama dos pais acabou. Mas ainda assim estranhei ele não ter ido lá ter e fui ao quarto dos meus filhotes ver se estava tudo bem. É que eram 8 e meia da manhã e estava tudo a dormir ferrado. E eu a contar com o besnico para acordar. Claro que nos atrasámos. Mas dormimos todos uma boa noite de sono!

*esperando que o meu filho mais velho, passe a voltar a dormir sempre na cama dele!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!