16 de junho de 2014

Devem pensar que esta mãe é louca!

Mas não! Foi o mais velho que insistiu que estava frio e que tinha de ir com uma camisola para a escola. Expliquei que iam estar 30 graus. Muito calor como no fim de semana. Adivinhava-se uma birra: Vou ter frio. Deixei-o vestir a camisola. Avisei a educadora que o meu filho estava com o termóstato avariado. E eu cheguei a horas ao trabalho. Aposto que poucos minutos depois de brincar no recreio já estava com calor. E tirou a camisola. Teria valido a pena forçar uma birra por causa da camisola? Eu achei que não. E ele vai aprender que quando a mãe diz que está calor, é porque está mesmo. E que tem de ouvir mais a mãe. Pelo menos, assim espero.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!