4 de junho de 2014

A mãe é minha

De vez em quando o mais velho tem uns ataques de complexo de Édipo e diz ao meu marido, a rir, e em tom provocatório: a mãe é minha!! É só minha! Não é do pai, não é do mano e não é de mais ninguém! Isto acontece de tempos a tempos. Ele sabe bem que eu sou mulher e namorada do pai e mãe dele e do mano e que o meu amor dá para todos, mas de vez em quando, meio a brincar, meio a sério, entre risos e beijos, lá me puxa e afasta o pai, dizendo que sou só dele e que até podíamos casar.  E eu aproveito e falo-lhe dos diversos tipos de amor que existem e da especificidade de cada um. E ele ri e diz: sim, mas a mãe é só minha!! 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!