20 de junho de 2014

O verão começa hoje!




Verão além de sinónimo de calor é sinónimo de férias. Na rádio, na televisão, revistas, jornais, outdoors, esplanadas, cafés e blogues este é o tema central: as férias de verão! As famosas férias grandes da nossa infância. Os miúdos sonham com elas e os graúdos também. E eu este ano não consigo tirar férias no verão (Ainda houve a possibilidade de tirar uma semana de férias, mas a minha equipa já tinha as semanas marcadas e não foi possível conciliar. Valeu a boa vontade da coordenadora e dos meus colegas, que ainda tentaram reorganizar os seus dias de férias). Custa-me ver toda a gente a fazer planos e eu ter de ficar e não poder curtir os meus filhos no ritmo alegre das férias. Custa-me pensar que vou perder um momento tão bom como as férias de verão com o meu marido e os meus filhos. Aqueles dias de praia, os fins de tarde, o relaxamento de horários, os passeios depois do jantar para ir ao Carrossel, comer gelados e jogar matraquilhos. O cheiro da água do mar no corpo e nos cabelos deles. Os mergulhos com os meus filhos. Os primeiros passos do baby na areia… O banho depois da praia. O creme no corpo. Só de escrever e de imaginar já me dá vontade de chorar. Eles vão por 3 semanas. Já arranjei uma empregada para ir dar apoio. Gostava tanto, mas tanto de ir. Vou gerir essas três semanas para estar cá e lá, levando o meu trabalho comigo. A ideia é fazer fins de semanas prolongados (com o computador debaixo do braço) para não estarmos tantos dias afastados. O baby Afonso ainda está muito ligado a mim. Sofreu com a minha ausência de 3 dias (quando me ausentei por trabalho no mês passado) e quando eu não estou em casa ao fim do dia aponta para a porta a dizer mamã. Havemos de nos organizar o melhor que conseguirmos para a distância não custar tanto e para sentirmos que eu também fiz parte destas férias de verão!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!