23 de agosto de 2013

Vale mesmo a pena pensar nisto


«O facto de estarmos excessivamente ocupados com as tarefas do quotidiano,
com a roupa para lavar, com a casa para limpar, com a comida para fazer,
com todos os deveres que temos... faz-nos por vezes esquecer a que ponto viver com os nossos filhos nos torna felizes.
Todos os pais o dizem, a infância passa depressa, demasiado depressa.
Não falhemos o nosso encontro com ela!

Será sempre possível arranjar a casa mais tarde, quando eles tiverem partido
e as nossas quatro paredes parecerem bem vazias, sem gritos e risos...»

- Isabelle Filliozat em "No coração das emoções das crianças"

Encontrei este pensamento no blog da Mum. Aqui.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!