5 de agosto de 2013

Nós por cá...

... Continuamos a banhos. Só o querido Maridão já regressou a Lisboa, mas esperamos por ele no fim de semana. O pai teve de ir embora, mas eu não fiquei sozinha e tenho imenso apoio quer em casa, com a minha super cunhada mais velha, quer na praia, onde é mais difícil ser mãe dos dois A., Felizmente não estou sozinha na praia ( na minha palhota e palhotas à volta é tudo primos do meu marido com as respectivas famílias) porque senão era complicado estar sozinha com os dois. O Afonso tem umas horas muito limitadas e, acima de tudo, tem de ficar no balancé à sombra. O mais velho quer é banhos, mergulhos e brincadeiras e é bom poder contar com os primos para estarem mais com ele. Gostava de ser um polvo ou, melhor ainda, a mãe elástica dos Incríveis. Dava imenso jeito, um braço no mar a tomar banho com o mais velho e o outro braço debaixo da palhota, à sombra, a embalar o Afonso. Como não sou nenhuma personagem de BD de super heróis. Resta-me a enorme sorte de ter uma rede de apoio fantástica. Mas, mesmo assim, mãe sou só eu e chego à noite de língua de fora.

1 comentário:

  1. É mesmo assim. Tenho 3 que falam, pedem, chamam-me mil vezes por hora.
    Já me saí com essa "Já ouvi, têm de esperar a vossa vez, não sou um polvo, só tenho 2 braços, só consigo tratar de um de cada vez!"
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!