21 de julho de 2016

Terceira noite sem chucha

Foi a terceira noite do Afonso sem chucha. Adormecer foi difícil até porque não tinha o mano com ele. Adormeceu já perto das 23, mas pouco passava da meia noite quando somos acordados com o choro aflitivo dele. Tinha vomitado a cama toda. O marido trouxe-o para a nossa cama. Queria a chucha, mas lá adormeceu sem ela. Passado nem uma hora acordo eu com ele a vomitar ao meu lado. (Ontem houve reunião de pais da sala dele e a educadora tem sempre uns bolinhos para nós. Os pais quase não comeram, mas no final, o meu filho quando chegou e viu os bolos... Tanto foi que nem lhe dei de jantar...) Chorava, aflito. Fiz as camas de lavado e ele adormeceu na cama do mano. A Francisca entretanto acordou com os gritos do Afonso. Mamou. E adormecemos todos até de manhã. O Afonso acordou feliz e contente, como se não se tivesse passado nada. Pedi dieta para o almoço dele na creche e é esperar que não seja nenhuma virose maluca, que já estamos em contagem decrescente para as férias!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!