19 de julho de 2016

Primeiro dia e noite sem chucha! Parabéns, filho querido!

O Afonso está há mais de 24 horas sem chucha! Não gosto de cantar vitória cedo demais, até porque para o filhote mais velho deixar a chuchar foi um drama de vários meses... Mas a verdade é que ontem foi tudo muito mais pacífico do que eu estava à espera. De manhã, quando foi fazer o seu xixi, bocejou ensonado e lá foi a chucha para a sanita. Da sanita para o lixo e a conversa do: o Afonso já não precisa de chucha! E ele concordou. Eu disse que lhe oferecíamos um presente e ele adorou a ideia. Foi para a creche e avisámos a educadora e auxiliares que já não havia chucha em casa. E ontem, à sesta, elas convenceram todos os meninos que eram grandes, iam mudar para a sala dos grandes depois das férias e que não podiam levar a chucha. E dormiram todos sem chucha. À noite, recebeu um presente - um cavalinho e a tratadora da Playmobil e adorou. Ainda pediu a chucha uma vez, mas depois lá adormeceu com mimo extra do pai e dormiu a noite toda - eu confesso que esperava que ele acordasse a chorar e a suplicar pela chucha -. De manhã seguiu para a escola com o presente novo, muito orgulhoso do seu feito. Vamos ver como corre. O Afonso sempre foi super agarrado à chucha. Punha a chucha mal saía da sala da creche e não a tirava mais... Uma das imagens de marca dele era ele a sair de casa de chucha, arrastando a sua fralda de pano. Estou muito orgulhosa dele e sei que largar a chucha vai ser super benéfico para a saúde oral e para a dicção, visto que muitas vezes nem tirava a chucha para falar. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!