30 de dezembro de 2015

Estas últimas manhãs não têm sido fáceis...

Nada de especial, mas é como se tivéssemos perdido o ritmo e as boas práticas que já tínhamos em que o mais velho assim que saía da cama e chegava à sala já se vestia sozinho, com a roupa previamente deixada por mim de véspera... Não gosto de correrias matinais, não gosto de zangas, nem de birras... Não gosto mesmo. Já no carro, tudo mais tranquilo, disse que tínhamos de deixar estas manhãs difíceis em 2015 e depois disse ao meu filho mais velho que tínhamos de fazer as nossas promessas de ano novo. Vamos escrever o que queremos melhorar num papel e depois assinamos. Ele adorou a ideia e disse logo as três coisas que quer melhorar. Nunca fizemos isto, mas acho que pode ser um bom compromisso connosco próprios para sabermos por onde queremos ir. Agora é terminar 2015 em paz e amor, em família, muito gratos pelo maravilhoso ano que tivemos, e receber 2016 de braços abertos enquanto aguardamos o nascimento da nossa filha, que virá completar ainda mais a nossa família!! 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!