21 de agosto de 2015

Manhã sem televisão

A manhã de hoje foi super tranquila e muito boa. Depois do pequeno almoço e dos quartos arrumados e todos vestidos começámos a contar as histórias dos livros que eles tinham escolhido. Quando percebi que eles já não estavam atentos disse que ia fazer uma arrumação no roupeiro e fazer uma selecção de brinquedos. Quando viram os matraquilhos quiseram jogar e estiveram entretidos o tempo todo que eu demorei a separar alguns brinquedos para dar e outros para o lixo. Fui buscar uma caixa de brinquedos de construção  Meccano, que o meu filho tinha herdado já há algum tempo de um primo, mas que ainda não tinha idade para brincar. Ficou super entusiasmado e queria logo brincar. Como não é apropriado para o irmão pedi-lhe que levasse para a sala para construirmos juntos na sesta do mano. Assim fez. Almoçámos, o pequeno foi dormir a sesta e ele está agora entretido a fazer uma construção da Meccano e eu vou agora juntar- me a ele. A manhã correu tão bem que me aventurei a marcar cabeleireiro para os três!! Boa sexta feira!! E obrigada pelos comentários e e-mails de solidariedade que me enviaram a propósito do post da mãe desesperada!! Mas hoje consegui (até ao momento, pelo menos, são 13h37) ser eu a controlar a situação e coisa correu muito bem. Zero birras e zero discussões. Ainda houve uma ameaça de bulha, mas eu parei de imediato dizendo que ia cada um para sua divisão sozinhos e de castigo. E como não gostaram de eu lhes ter feito isso ontem, já mesmo ao fim da tarde antes de sairmos de casa, recuaram na briga e a coisa ficou por ali. Nota: acho que  o facto de não termos ligado a televisão ajudou. Ao contrário do que por vezes pensamos a televisão é um facto de excitamento e que os faz saltar e lutar como os bonecos que estão a ver.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!