12 de agosto de 2015

Diário de uma grávida#35

A hora da sesta é sagrada nestas férias. O filho mais pequeno cai redondo, o mais velho é o mais relutante. Mas eu peço-lhe que se deite 10 minutos comigo a descansar. E depois de perguntar: quantos minutos faltam? E ainda falta muito? Acaba por adormecer, exausto, ao meu lado. E assim recuperamos todos as energias que precisamos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!