12 de novembro de 2013

A tosse teima em não largar o Afonso

Já perdi a conta aos dias a que o Afonso está doente. Sempre bem disposto, mas com uma tosse infernal. Nunca teve febre, mas continua com a parte respiratória super afectada. Ontem fez mais uma sessão de cinesioterapia, mas a terapeuta diz que ele já está bom. Continua com um carro a roncar dentro dele e muito atrapalhado. Não percebo. E estou farta de aerossóis que não estão a curá-lo. Há uns anos com o meu filho mais velho fomos a um quiropata que lhe deu uma tareia monumental, mas que o deixou bom. O pediatra de agora é contra e não aconselhou a ir. O meu marido está tentado a levarmos lá o Afonso e resolver de uma vez por todas esta situação. E eu não sei o que fazer. Olho para o número, mas hesito em marcar. É uma tareia tão violenta. Preferia que ele ficasse bom sem ter que lá ir, mas está difícil...

1 comentário:

  1. Pois, decisão complicada, mas as vezes demora a resolver.. A minha anda assim mas já está melhor, não fez Cinesiterapia nem medicação! As melhoras do Afonso!

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!