26 de outubro de 2017

Reflexões

Acredito que as pessoas não surgem por acaso na nossa vida. E acredito ainda mais que aparecem nos momentos certos. E é muito bom quando ao chegar aos 40 anos ainda encontramos novas pessoas que entram nas nossas vidas e que lhe acrescentam significado. E assim, através de uma nova amizade, tive contacto com a minha primeira prática de meditação. Um momento de paragem, comigo mesma, de relaxamento, de paz de espírito. A descoberta de um possível caminho em direcção a uma vida mais calma e mais consciente... 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!