25 de abril de 2017

Trabalhar ao feriado?

É verdade. Hoje não consegui gozar do feriado em família. Não tinha de ir para o escritório, mas não podia ficar em casa que os miúdos não me iam deixar trabalhar, e eu estava mesmo aflita e cheia de trabalho até porque ontem tive uma crise de sinusite que mal me deixava abrir os olhos. Fugi para um café (onde encontrei dois amigos da sala do Afonso, pais e irmãos... e lá expliquei que estava ali refugiada para poder trabalhar) e lá fiquei o dia quase todo... De vez em quando recebia fotografias do dia dos meus filhos... Obrigada, maridão! Estou a ter uma semana tramada de trabalho e tu estás a segurar as pontas com os 3! Hoje dormi quase até às 10h da manhã, depois de ontem me ter medicado para a sinusite para ver se me passava a crise que estava a ter!! Nem sei há quantos anos não dormia até tão tarde... Entre o meu marido, a minha irmã (parabéns, mana! Hoje é o teu aniversário!) e a minha cunhada mais velha tomaram conta dos meus 3 amores! 

3 comentários:

  1. Ter uma rede de suporte é fantástico! É sinal que o teu marido já está a recuperar do acidente! Que bom!! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim! Ainda não está bom para ficar sozinho com eles, ainda não conduz... E já passaram quase 3 meses, mas com apoio já se aguenta a fazer montes de coisas! Obrigada

      Eliminar
  2. Ás vezes é preciso. Seja por trabalho, seja por exaustão. Chamo a a mim todas as tarefas e, depois tombo! E depois não tenho rede de suporte. Desorienta-se tudo

    ResponderEliminar

Gosto de saber o que as outras vidas têm a dizer sobre isto!